Mais de 400 vagas para motoboy – cadastre o seu currículo online!

Com a grande movimentação nas cidades, a entrega de moto passou a ser uma alternativa para a empresas e consumidores. Assim, o trabalho do motoboy foi oficializado e regularizado. Conheça mais da profissão e saiba onde encontrar as vagas abertas.

Isso porque hoje em dia é muito comum que todos os tipos de empresas façam a contratação de motoboy para o envio de mercadorias, produtos, documentos, marmitas e todo tipo de entrega que pode ser feita por uma moto – o transporte é mais rápido e mais econômico.

Mais de 400 vagas para motoboy – cadastre o seu currículo online!

O que faz o motoboy

O motoboy é a pessoa que trabalha usando como principal meio de transporte uma moto e que a partir disso faz entregas: de alimentos, refeições, documentos, produtos, etc. A ideia é que a moto é uma forma mais rápida de chegar ao destino.

A profissão surgiu em meados dos anos 80 pelo fato de que muitas empresas estavam perdendo tempo com a entrega dos produtos, especialmente nos grandes centros urbanos. O resultado foi uma profissão que tem baixo custo de investimento e é bem mais ágil.

ANÚNCIO

Agora, apesar de ser uma profissão que tem altos ganhos diários, já que isso depende da quantidade de entregas que ele faz, é preciso dar uma atenção ao grau e risco que essas pessoas correm, já que estão sujeitas a acidentes de trânsito.

No entanto, em 2009, o Senado Federal aprovou a profissão, que tornou regulamentada, sendo chamada de motoboy, mototaxista ou motovigia, sendo que cada uma das funções tem suas características. Para todas, a idade mínima é de 21 anos com 2 anos de experiencia na categoria A.

Salário do motoboy no Brasil

Com base em praticamente 500 salários postados na sua plataforma, o Love Mondays fez uma análise do valor médio de salário de um motoboy no Brasil. E a média ficou em R$ 1,8 mil por mês, considerando que a grande maioria avaliou os ganhos brutos em pouco mais de R4 2 mil.

Assim, a pesquisa considerou ainda que um motoboy autônomo, isto é, que trabalha por conta própria pode ter uma renda um pouco melhor, sendo de R$ 2,6 mil. Enquanto que um motoboy do Habibs, que é uma rede de restaurante, tem a média de R$ 1,8 mil no mesmo período.

Vale considerar que o trabalhador autônomo ou MEI (Microempreendedor Individual) tem o benefício de receber um salário mais alto, porém, deixa para trás alguns direitos trabalhistas, como a aposentadoria pública e as férias.

O que de fato importante é que existem diversos meios e caminhos para atuar como motoboy e todos têm suas vantagens e suas desvantagens. O interessante é que o trabalho pode ser feito por pessoas que tem disponibilidade para o trabalho diário, nas ruas.

Como ser um motoboy

Como foi citado, a profissão de motoboy agora é regulamentada em todo país, desde que o profissional tenha 2 anos de experiência com a CNH – Carteira Nacional de Habilitação. Fora isso, não é preciso cursos para se tornar um motoboy.

Mas, na hora de ser contratado por uma empresa, aí sim, podem haver requisitos a serem cumpridos. Em uma das vagas abertas em São Paulo, na Droga Leste, o candidato precisa ter, ao menos, o 2º grau completo, isto é o ensino médio terminado.

E, nesse caso, a vaga está descrita da seguinte forma: “realizar entrega de mercadoria ao cliente, realizar transferência de produtos entre lojas e entre outras atividades”. O nível de atuação é como auxiliar operacional e o salário não foi informado. Saiba mais sobre a vaga.

Assim, o que é importante considerar agora é que a escolha da profissão de motoboy depende da disponibilidade de tempo para atuação do profissional, que deve saber que vai lidar com o trânsito diário em sua cidade, o que exige também paciência e muita direção defensiva.

Requisitos para o motoboy

Seguindo a lei aprovado pelo Senado, agora o motoboy precisa seguir algumas recomendações para que seja respeitado e formalizado. Por exemplo, o colete refletivo é uma das exigências, sendo que ele se destaca com as luzes e é considerado um EPI – equipamento de proteção individual.

Outro EPI que deve ser usado é o protetor de motor e pernas, que deve ser instalado na moto. Atualmente, ele é chamado de “mata cachorro” e é uma estrutura de metal. Também pode ter o baú com identificação e faixa reflexiva. Além da antena “corta pipa”.

Por fim, mas não menos importante, o motoboy jamais deve se esquecer o capacete, que é item obrigatório para todo mundo que anda de moto, já que é um dos principais equipamentos de segurança do motoqueiro.

Vagas abertas para motoboy

Como a vaga acima anunciada no LinkedIn, saiba que existem mais de 400 oportunidades de trabalho nessa plataforma digital, que hoje em dia é considerar a maior rede social do mundo voltada par ao assunto profissional.

Na plataforma, o interessado nas vagas pode optar por uma busca que mais tenha a ver com o seu perfil, sendo que a pesquisa online e gratuita permite a filtragem por: relevância ou veiculação da vaga. Mas, também dá para selecionar apenas as vagas da sua região.

Mais um diferencial de buscar as vagas de emprego no LinkedIn é que dá para receber alertas quando novas vagas surgirem e tiverem de acordo com o seu perfil. Isso tudo é feito pelo envio de mensagens no e-mail.

Após encontrar a oportunidade, o motoboy só precisa criar um cadastro na plataforma, que é gratuito e com as informações pessoais. Em seguida, ele opta por candidatar-se a vaga e aí, se a empresa ficar interessada, ela mesmo entra em contato com base nos dados informados.

ANÚNCIO