Processo Seletivo para vagas de Estágio no Ministério da Justiça

O Ministério da Justiça é o sonho de muito estudante que busca os meios e as empresas para aprender mais sobre a sua área de atuação. Assim, estar dentro das unidades do ministério garante a ele a chance de aprender mais sobre o seu curso, sem contar com os benefícios.

Saiba como encontrar as vagas de estágio no Ministério da Justiça e como cadastrar o currículo online para concorrer a uma delas. Lembrando que o Ministério tem várias secretarias e instituições que também contratam estagiários para vários cargos e funções.

Processo Seletivo para vagas de Estágio no Ministério da Justiça

Hoje em dia, a média salarial para estagiários dos ministérios é de R$ 600, sendo que o valor é acrescido ao auxílio transporte e o estagiário atua entre 4 horas e 6 horas de segunda à sexta-feira, conforme contrato. Saiba mais sobre essas vagas de emprego.

O Ministério da Justiça

O Ministério da Justiça é responsável por diversos temas do governo federal e tem liberdade para atuar em várias frentes, sempre levando em conta assuntos jurídicos e processuais. A maior parte dos funcionários é formada em direito e com especialização.

ANÚNCIO

Assim, quem for interessado em concorrer as vagas de estágio no Ministério da Justiça e nas áreas correlatas deve saber que o clima é todo jurídico, ainda que as funções exercidas podem ser de outras áreas.

Para quem tem conhecimento ou gosta do assunto, a chance de estar no Ministério da Justiça abre campos para o conhecimento, já que lá é possível adquirir experiência em diversos formatos e com diversas pessoas capacitadas que atuam por lá.

Leve em conta que as vagas para estágio no Ministério da Justiça também estão espalhadas pelas secretarias e outras unidades, sendo que o estagiário poderá angariar uma série de aprendizados durante o seu contrato, que pode durar até 2 anos.

Quem são os estagiários do Ministério da Justiça

Engana-se quem pensa que apenas estudantes de direito podem atuar no Ministério da Justiça, apesar de as oportunidades para estágio serem voltadas na maior parte para esse público. Alunos de diversos cursos podem trabalho no Ministério.

O importante é considerar que por se tratar de temas jurídicos, as vagas quase sempre tem a preferência de quem gosta do assunto, como os estudantes de direito. No entanto, podem haver vagas abertas para outras áreas, como comunicação social, por exemplo.

Independente da oportunidade e da função espera-se que o aluno estagiário tenha conhecimento básico em informática, já que uso de computadores e meios eletrônicos será usual em toda a área de atuação. Também é um diferencial saber a língua inglesa/americana.

Outro fundamento importante, ainda que não seja obrigatório, é ter boa comunicação, já que muitas vezes, entre as funções do estagiário, está aquela de atendimento e comunicação com o público, na qual o estagiário deve ter qualidades comunicativas.

Como encontrar as vagas para estágio

Geralmente, o Ministério da Justiça tem vagas abertas com maior frequência em suas unidades, como nas secretarias. Então, uma boa ideia para quem tem o interesse de trabalhar no Ministério da Justiça através do estágio deve considerar isso.

O ideal é que o candidato curta e fique atento às oportunidades dessas unidades que sejam mais próximas à ele, considerando que uma grande parte dela está sediada em Brasília, no Distrito Federal, que é sede dos Ministérios, também.

Isso não impede que o estudante busque as vagas em outras plataformas digitais especificas para vagas de trabalho, como o vagas.com, o canal do CIEE (Centro de Integração Escola Empresa) e o próprio LinkedIn.

Essas são plataformas que podem ser usadas para divulgação das vagas, além do Facebook. O candidato interessado deve optar por esses meios para encontrar as vagas abertas, lembrando que é preciso validar as informações todas as vezes que elas forem postadas.

Exemplos de vagas para estagiários

Em 2015, por exemplo, o Ministério da Justiça ofertou ao mercado uma oportunidade de estágio para estudantes de comunicação social e eventos. No caso, as vagas eram para o DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos).

A atuação era em Brasília (DF) e os interessados deveriam enviar o currículo diretamente por e-mail, através do contato direto: fabiana.queiroz@mj.gov.br. Mais informações também eram possíveis no telefone (61-2025-8916).

Em 2017, o Ministério buscou estagiários para atuar no SAL (Secretaria de Assuntos Legislativos). Nesse caso, eram 2 vagas abertas para estudantes de direito, sendo que era precisa estar além do 4º semestre de estudo.

Também havia prazo para o cadastro de currículos e isso acontecia, também, de forma online, sendo através do e-mail: protecaodapessoa.sal@mj.gov.br. O candidato interessado precisava atuar no período da tarde ou da manhã.

Processo seletivo para as vagas de estágio

Como foi mencionado, o interessado pode encontrar as vagas abertas para estágio no Ministério da Justiça de várias formas e pode fazer o cadastro do currículo em meios alternativos também (mas, quase sempre por e-mail).

Assim, o que é importante considerar que é o envio do e-mail com o currículo não garante que ele será selecionado para a vaga. Isso porque existe um processo seletivo até que o candidato seja contratado para atuar dentro do Ministério ou em uma das unidades.

O processo seletivo se inicia com o cadastro de currículo. Depois, tem a análise dos dados e a confirmação deles. Em seguida, os candidatos passam por entrevistas e pode ser que o Ministério faça a aplicação de provas objetivas também.

Só após o cumprimento de todas as etapas é que o candidato poderá ser contratado no âmbito de estágio para colaborar e aprender com a prática das atividades do Ministério. O estudante pode atuar como estagiário por 2 anos ou até o fim do estudo.

ANÚNCIO