Trabalhe como Freelancer 3x na semana e ganhe mais que 1 salário mínimo

O sonho de muita gente é trabalhar menos e ganhar mais. Por mais sonhador que isso pareça ser, saiba que hoje é totalmente possível. Não é raro encontrar pessoas que trabalham apenas 3 vezes na semana e ganham mais do que 1 salário mínimo no fim do mês.

Além de trabalhar menos, já existem alguns cargos que podem ser exercidos de onde o profissional estivar, sendo necessário apenas ter um bom acesso a internet. Não parece um sonho? No entanto, é importante ressaltar que esse é um trabalho que exige muita dedicação, disciplina e organização.

Essa profissão é a de Freelancer, ela tem ganhado destaque porque dá as pessoas autonomia e flexibilidade na hora de ganhar dinheiro. Hoje já existem muitas empresas que estão atrás desses profissionais, mas é preciso entender um pouco mais para saber se a pessoa se encaixa nas vagas oferecidas.

Trabalhe como Freelancer 3x na semana e ganhe mais que 1 salário mínimo
Fonte: (Reprodução/internet)

Ficou curioso para saber um pouco mais sobre esse tipo de trabalho? Então, continue por aqui e veja como trabalhar 3 vezes por semana e ainda ganhar bem.

O que é um Freelancer

O Freelancer, ou Freela, é o profissional que trabalha por conta própria e faz isso ao prestar serviços de modo autônomo, isto é, independente. Então, ele pode oferecer serviços para outras pessoas ou empresas e por períodos determinados.

ANÚNCIO

Pegar um trabalho no final de semana, por exemplo, é um Freela. O profissional pode estar morando na praia e de repente surgir a oportunidade de prestar serviço de entrega de coco, então, ele fará isso no final de semana e ganhar pelos dias trabalhados, por exemplo.

O fato é que ser um profissional assim, antigamente, era algo visto com maus olhos, porém essa realidade mudou. Os valores pagos e também a flexibilidade de horário de um Freelancer tem feito com que muita gente abra mão do trabalho forma e tradicional para ter esse novo estilo de vida.

Como ser um Freelancer

Não existe regra ou estudo que prove ou mostre o que fazer para ser um Freelancer. Até porque, não existe uma faculdade específica para quem quer exercer a profissão. O importante é saber que todo profissional, de qualquer área, pode atuar de forma autônoma.

Hoje em dia, até os bancos contratam Freelancers para prestar serviços – o que tem se tornado cada vez mais comum. Logo, como mencionado no início do artigo, existem alguns requisitos para exercer esta profissão, sendo eles:

  • Ser organizado;
  • Saber trabalhar bem;
  • Ter qualificação;
  • Ser disponível.

A partir disso, você será responsável pelos trabalhos que pega, desde a comunicação com o fornecedor até a entrega do produto final ao seu cliente. Ter disciplina para fazer aquilo que foi proposto também é um atributo importante.

Então, não tem como listar todas as profissões ou todos os trabalhos Freelancers, já que são muitos. Desde o fotografo de festas de casamento, alguém que escreve textos para sites, até o cara que leva os cachorros para passear na rua, são muitas opções.

Hora de fazer as contas

Para saber como chegar ao ponto de trabalhar apenas 3 vezes por semana e ganhar mais do que 1 salário mínimo, será necessário recorrer às contas. Então, vamos levar em conta uma pessoa que ganhe R$ 2 mil de salário e trabalhe 40 horas semanais, na conta, a hora da pessoa vale R$ 12,5.

Isso quer dizer que tem muita gente trabalhando a um custo de R$ 12,5. Lembrando, 40 horas semanais é o mesmo que 8 horas por dia de segunda à sexta. Então, supondo que estejamos falando de trabalhar 3 vezes na semana, que pode ser sexta, sábado e domingo vendendo coco na praia, por exemplo.

Se trabalharmos as mesmas 8 horas por dia, nesses 3 dias, teremos um total e 24 horas. Então, para chegarmos a um valor acima de 1 salário mínimo, que hoje é de R$ 1065,00, podemos contar com um pagamento de pouco mais de R$ 45 a hora.

Quem vai pagar R$ 45 a hora de trabalho?

A conta por hora significa que em 1 dia de trabalho, a pessoa precise ganhar pouco mais de R$ 300. E acredite, isso é totalmente possível hoje em dia. O fato é que a profissão de Freelancer ainda está sendo estudada e não há normas sobre os valores ou trabalhos.

Mas, é muito comum que um webdesigner cobre bem mais do que isso para criar um site, sendo que faz isso em apenas 1 dia. O mesmo vale para um redator, que pode escrever 5 textos à R$ 60 e receber os mesmos R$ 300 diários.

E, ainda existem outras profissões, que fogem do digital, como um cinegrafista de casamento, que cobra R$ 2.000 por noite, ou garçons especializados que em uma única noite ganha mais de R$ 300. O que prova que dá para ganhar mais do que 1 salário mínimo trabalhando apenas 3 vezes na semana.

Sites com oportunidades para Freela virtual

Caso tenha se interessado pelas oportunidades de ser um freelancer virtual, saiba que hoje já existem muitos sites que ajudam os cidadãos a encontrarem as melhores oportunidades. Para saber mais, o site do Serasa disponibilizou um conteúdo com as plataformas que estão em alta.

Além disso, eles também fizeram um vídeo explicando um pouco mais sobre a profissão, conteúdo que pode ajudar algumas pessoas a sanarem com suas possíveis dúvidas. Bom, trouxemos o vídeo para este artigo, assim fica mais fácil compreender o que está sendo falado.

Vídeo – Como ter uma renda extra sendo Freelancer

Espera-se que o vídeo acima tenha sido bem útil, para conhecer as plataformas da qual a equipe do Serasa indica, basta entrar neste link.

ANÚNCIO