3 dicas para ser uma excelente garçonete e as vagas de trabalho disponíveis

O trabalho da garçonete hoje em dia tem sua importância tanto para as empresas (restaurantes, bares, festas) como para as pessoas que podem encontrar aí uma oportunidade de ganhar dinheiro extra ou de ter a sua profissão com carteira assinada.

Independente se for contratada como freelancer ou com o regime trabalhista da carteira, o mais importante é que a garçonete saiba se comportar para conseguir avançar na sua profissão, podendo se tornar uma gerente de vendas, por exemplo.

3 dicas para ser uma excelente garçonete e as vagas de trabalho disponíveis

Portanto, existem muitas histórias de garçonetes que hoje são grandes empreendedoras e que tiveram na profissão a chance de conseguir experiência para a nova fase da vida profissional. Saiba um pouco mais sobre a profissão da garçonete, o salário e como achar as vagas abertas.

Quanto ganha uma garçonete?

Conforme o site Abrasel, a média salarial de uma garçonete no Brasil é de R$ 821, sendo que o valor médio pode chegar a R$ 1,4 mil conforme a região do país. Vale lembrar que à esse valor podem ser agregados benefícios, como vales.

ANÚNCIO

Outro site, o Love Mondays, garante que o salário médio de um garçom brasileiro em empresas Hooters é de R$ 1,2 mil, o que está compatível com a média do mercado. E para fins comparativos, nos Estados Unidos, uma garçonete ganha pouco mais de R$ 20 por hora de trabalho.

Um ponto importante para se considerar é que os garçons podem atuar de diversas formas, especialmente, na hora de contratação. Pode ser com carteira assinada, sendo um emprego fixo ou pode ser como temporário, além de freelancer.

Ultimamente, no Brasil, os serviços tem acontecido como freelancers em sua maioria, ao passo que isso gera mais dinamismo para os locais que contratam e criam chances para que os garçons possam ter outras fontes de renda, também.

3 dicas essenciais para uma garçonete!

Para quem está buscando um trabalho e tem a função de garçonete como opção, considere que por ser bastante concorrida, a vaga será preenchida por aquelas pessoas que têm diferenciais. Separamos 3 pontos que podem ser os diferenciais para você na sua próxima entrevista!

1 – Trabalho Eficiente

Uma garçonete de excelência é aquela que tem um trabalho eficiente, isto é, que sabe realizar todas as suas tarefas de forma autêntica e objetiva. Isso inclui, por exemplo, ser apresentável e empática, com unhas cortadas, vestimentas em ordem e sorriso no rosto.

O que significa que já dá para notar quem será uma boa garçonete antes mesmo de uma entrevista de emprego. Os entrevistadores sempre observam como essas pessoas interessadas lidam com o público, afinal, a função da garçonete tem a ver com isso.

E o trabalho eficiente da garçonete também inclui a pesquisa sobre os produtos do cardápio, o conhecimento em marketing e vendas, o contato direto com outros funcionários do estabelecimento e, claro, a agilidade no atendimento ao cliente.

2 – Atendimento ao Cliente

Citamos um pouco dessa característica acima, mas ela merece mais destaque porque todo mundo que está em contato com o público, isto é, com o cliente, precisa ter sucesso nessa habilidade. Muitas vezes, a simpatia vale mais do que o próprio produto que é vendido.

Sim, o que as pessoas querem hoje em dia é serem bem atendidas e se sentirem importantes. Portanto, saiba que uma garçonete profissional deve ter o diferencial de atendimento ao cliente e, para isso, nem sempre será necessário curso, apesar disso ser possível.

Uma boa dica é aprender sobre isso em trabalhos anteriores ou observando pessoas que lidam com isso. Aquele vendedor de porta em porta, o rapaz que vende garapa na esquina e até mesmo os garçons de outros bares podem ser bons exemplos de atendimento.

3 – Soluções Alternativas

Um último ponto sumamente importante para uma garçonete que está em busca de emprego e quer diferenciais no mercado é saber lidar com diversas situações e, para tanto, encontrar soluções alternativas que vão gerar valor para o lugar em que trabalha.

Quando há crianças, uma dica é prestar atenção nos pais, que são os responsáveis por elas, por exemplo. Outra nunca é se meter quando um grupo de pessoas estão com dúvidas sobre quem consumiu o quê ou sobre quem vai pagar quanto.

Uma solução alternativa é entregar o cupom fiscal e deixar que as próprias pessoas resolvam isso. Se o prato estava errado ou se as pessoas mudaram de lugar sem avisar, seja paciente e encontre formas de solucionar. A solução é mais valiosa do que a reclamação, lembre-se disso.

As vagas de garçonetes no Brasil

Independente da forma com que a pessoa esteja interessada em uma vaga de garçonete no Brasil, ela pode fazer buscas online, que são gratuitas e levam menos tempo do que cadastrar o currículo em vários estabelecimentos, apesar de isso ser possível também.

Então, uma boa dica para quem quer ganhar tempo é justamente o de enviar currículos online em vários sites que são especializados no assunto, como o Adzuna, Infojobs, Catho, Vagas.com, Indeed, Trabalha Brasil, entre outras. Até mesmo o LinkedIn é uma boa plataforma para isso.

E vale lembrar que como a entrevista de emprego é importante, o envio do currículo também, já que como recebem muitos, as empresas fazem uma breve seleção antes da convocação para as próximas etapas. Portanto, capriche no seu currículo online.

E também vale uma atenção especial para quem vai fazer a pesquisa online porque alguns sites são pagos, só que a maioria é gratuita. Aí, basta cadastrar o currículo com as informações pessoais para estar ativo na busca por novas vagas de trabalho.

ANÚNCIO