Saiba como ter sucesso sendo um vendedor ambulante de produtos alimentícios

Você sabia que em muitos lugares do Brasil, o trabalho do vendedor ambulante de produtos alimentícios pode ser um dos mais atrativos? Seja pela possibilidade de ganhos de renda extra ou pela facilidade de fazer isso.

No entanto, existem algumas regras que podem ser importantes para você que quer ter sucesso com isso. Por exemplo, estar regularizado, comprar o equipamento certo e saber precificar o seu produto são pontos que podem fazer toda a diferença.

Com isso em mente, a gente criou uma espécie de guia para quem quer atuar dessa forma, vendendo produtos nas ruas das cidades. Obviamente, essa é uma forma de empreender que pode dar certo, mas tudo vai depender de você e da forma com que você vende.

A legalização do trabalho

Se você quer mesmo que a sua ideia de negócio dê certo, saiba que é preciso legalizar o seu trabalho antes mesmo de começar. Esse é o seu primeiro passo para investir na carreira de vendedor ambulante de produtos alimentícios.

Logo, a saída é você ver quais são as regras exigidas pela prefeitura local e com relação ao tipo de comércio que você está aderindo. Além do mais, entenda que cada lugar tem as suas condições. Por isso, o melhor é ir na prefeitura mesmo.

ANÚNCIO

Assim, você fica sabendo quais os documentos que são necessários e essa regularização vai te dar mais segurança para seguir em frente com as suas vendas de alimentos nas ruas. Em boa parte das vezes, dá para fazer essa ativação de cadastro de ambulante pela internet mesmo.

O produto que será vendido

O próximo passo é você estudar quais ou qual o produto que você vai vender nas ruas da sua cidade. Até mesmo porque você pode se especializar em um único produto ou vender vários deles, que agreguem valor ao seu negócio.

Por exemplo, se vai vender cachorro quente é ideal que tenha também sucos, água e refrigerante, né. É como se fosse um acompanhamento imprescindível para muita gente e você como bom comerciante deverá servi-los da melhor forma.

E na hora de decidir por qual produto vai vender, saiba que você também deve estudar alguns pontos interessantes para a sua venda. Por exemplo, onde você vai estar? Se for perto de um estádio de futebol, espetos e cachorro quente são ótimos.

Se for em parque, onde as pessoas gostam de caminhar, talvez vender alimentos mais saudáveis, como milho ou lanches naturais ou até mesmo sucos naturais podem ser a melhor pedido ao invés de espetos e cachorros quentes, entendeu?

O equipamento para produção

Esse ponto é bem simples, ainda assim entra como passo imprescindível para você que vai ser um vendedor ambulante de produtos alimentícios: os equipamentos servem para produzir o alimento que você vai vender – ou, pelo menos, para estoca-los.

Por exemplo, se você vai vender espetos deve ter a churrasqueira portátil. Se vai vender docinhos, uma caixa de isopor que seja térmica já basta. Assim por diante. O importante é você saber o que será vendido para saber o equipamento que deverá ser comprado.

Lembre-se que uma boa ideia é pesquisar o preço para comprar mais barato. No entanto, jamais abra mão da segurança do seu negócio porque é isso que vai fidelizar os clientes, aumentar as vendas e fazer você ter uma produção e sucesso.

O preço do produto que será vendido

Outro ponto importante é sobre o preço do produto. Obviamente, isso também vai ter a ver com o sucesso da sua ideia. Porque é simples fazer essa conta: se você vender barato demais vai ter pouco lucro e se vender caro demais pode ser que não venda.

Então, qual é a dica? Tenha equilíbrio. Obviamente, existem vários jeitos de fazer as contas para precificar o seu produto. Assim como você também pode fazer promoções para ser conhecido e aumentar o preço mais tarde.

vendedor ambulante de produtos alimentícios

O fato é que uma saída inteligente é saber o que os concorrentes oferecem e conseguir adicionar diferenciais ao seu produto. Um cachorro quente custar R$ 15 pode parecer caro, mas se vier com batatas fritas e uma Coca-Cola junta vai ser barato, não é mesmo?

O atendimento ao cliente

Para todo mundo que vai trabalhar como vendedor ambulante de produtos alimentícios não há dica melhor do que essa, que é a última, mas com certeza a mais importante. O atendimento ao cliente é essencialmente importante.

É isso que vai fazer as pessoas se lembrarem de você e retornarem ao seu ponto para comprar mais depois. Então, seja sempre muito paciente e eficaz. Não adianta ser aquele vendedor bonzinho, mas que demora na entrega do produto. Sacou?

A dica é que você pense em ser profissional e ser bom no que faz. Logo, você tem que entregar o produto rapidamente, de forma agradável e sempre com muita presteza. Será que isso é pedir demais?

Bônus – a divulgação do produto!

Como bônus desse artigo, a gente trouxe aqui o tópico para falar da divulgação do seu negócio. Obviamente, se você vai estar em uma área movimentada da cidade nem precisaria. Assim como se vai estar em um dia de evento, em um teatro, por exemplo.

De qualquer modo, hoje em dia temos alternativas que agregam valor a isso. Por exemplo, ter uma página nas redes sociais onde você avisa os seus clientes de onde vai estar e em qual horário. Assim como na divulgação do seu evento e assim por diante.

ANÚNCIO