Descubra Qual é o Reajuste do Valor do Salário Mínimo

Em janeiro deste ano, o até então presidente Michel Temer decretou o reajuste do valor do salário mínimo para o ano letivo de 2018. Desde então cerca de 40 milhões de trabalhadores puderam desfrutar de um aumento de 1,81%.

A notícia é importante também para os beneficiários da previdência social e os trabalhistas de maneira geral, já que o valor do salário mínimo é usado como base para muitos cálculos de acertos e de salários no Brasil.

Descubra Qual é o Reajuste do Valor do Salário Mínimo

Se você não sabe, é importante considerar que o valor do salário mínimo indica que esse é o valor mínimo estipulado pelo seu salário legal, sendo que se estiver abaixo disso há um indício de que a empresa esteja atuando de forma ilegal com as leis trabalhistas.

O Salário Mínimo no Brasil

O salário mínimo é uma das grandes conquistas que os brasileiros tiveram porque estabeleceu um salário mínimo que deve ser pago aos trabalhadores. A regularização do valor do salário mínimo deu aos brasileiros um padrão básico de remuneração.

O valor do salário mínimo foi implantado em 1940 e desde então sofre alterações anuais que vão de acordo com os índices econômicos e financeiros do país e do mundo. Junto com ele, vieram também algumas leis trabalhistas.

O que mudou desde 1940 foi o fato de que a partir de 2011 o reajuste do valor do salário mínimo teria uma nova regra: o valor passou a ser resultado de uma soma entre o índice inflacionário do ano anterior com a taxa de crescimento da economia.

Na opinião dos economistas do país, essa mudança na lei resultou em um valor de salário mínimo ainda mais justo com os atuais cenários nacionais, levando em conta a economia atual e o poder de compra de quem recebe o salário mínimo.

Os Beneficiários do Salário Mínimo

O reajuste no valor do salário mínimo é uma notícia importante para muitas pessoas porque esse valor é usado como base para muitos cálculos, muitos pagamentos, muitos acertos de contas, etc.

Para você notar a grandiosidade disso, considere que muitos benefícios são baseados no valor do salário mínimo, como: o seguro desemprego, o salário maternidade, o auxílio-doença, a aposentadoria por idade, por tempo de contribuição e por invalidez.

Além disso, a pensão por morte do trabalhador, o 13º salário e a reabilitação profissional também são serviços sociais que usam o valor do salário mínimo como base para o pagamento de muitos beneficiários.

E vale lembrar ainda que o governo federal dispõe de muitos programa sociais, como o Bolsa Família, o Chapéu de Palha, entre outros que também são reajustados com base no valor do salário mínimo.

Direito ao Salário Mínimo

Além de todos os beneficiários dos programas sociais ou os trabalhadores que recebem o salário mínimo, mesmo quem nunca contribuiu com o INSS também pode ter direito ao salário mínimo mensal.

Essa é uma ajuda do governo federal para as famílias de baixa renda, sendo que as pessoas que tem mais de 65 anos ou incapacidade de longa duração podem receber o benefício. O interessado que provar que a família não tem como cuidar do idoso, também recebe.

O pagamento do salário mínimo nesses casos funciona exatamente como uma aposentadoria, sendo que a diferença é que nesse caso não existe o pagamento do 13º salário aos beneficiários.

Cálculo do Salário Mínimo

Antes de ver qual é o valor do salário mínimo em 2018 e saber sobre a expectativa do valor do salário mínimo em 2019, você deve saber que o cálculo do salário mínimo líquido desconta uma porcentagem do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Então, vamos adiantar o valor do salário mínimo em 2018 para você entender isso: R$ 954. Isso quer dizer que você não vai receber R$ 954 se tiver direito ao salário mínimo. Isso porque o valor sofre um desconto de 8%, que vai para o INSS.

Logo, se você tem direito ao salário mínimo, vai receber o valor descontado de R$ 76,32, o que dá um salário de R$ 877,68. Por isso, sempre considere que o valor do salário mínimo sempre deve descontar alguns tributos trabalhistas.

E além do INSS (varia de 8% a 11%), você ainda poderá ter descontado no valor do salário mínimo, os seguintes itens: Imposto de Renda, Vale Transporte (até 6%), Vale Refeição (até 20%), Pensão Alimentícia, Contribuição Sindical, Atrasos e Faltas, entre outros.

O Histórico do Salário Mínimo

O reajuste no valor do salário mínimo em 2018 foi de 1,81% e infelizmente isso foi considerado o menor reajuste salarial dos últimos 24 anos, conforme estudos publicados por analistas financeiros.

Para se ter uma ideia, em 2000 o salário mínimo era de R$ 151, depois foi para R$ 180, R$ 200, R$ 240, R$ 260, R$ 300, R$ 350, R$ 380, R$ 415, R$ 465, R$ 510, R$ 540, R$ 545, R$ 622, R$ 678, R$ 724, R$ 788, R$ 880, R$ 937 e R$ 954 em 2018.

Isso quer dizer que o reajuste do valor do salário mínimo para 2019 deve acontecer, seguindo as projeções atuais, e chegar a R$ 998. Já para 2020, os estudos indicam que o valor do salário mínimo deva chegar a R$ 1.020.

Da redação