Veja se alguém que trabalha na internet pode ser MEI

Com o advento da tecnologia, o crescimento das empresas desse setor e as novas possibilidades de trabalho, muita gente tem optado pelo MEI como forma de oficializar e regularizar o seu emprego.

Mas, será mesmo que quem trabalha na internet pode ser um MEI? Até mesmo porque o Microempreendedor Individual (MEI) é uma forma ótima de pagar os impostos de forma única e sem valores abusivos, né. O que seria ótimo para quem quer minimizar gastos.

Veja se alguém que trabalha na internet pode ser MEI

Abaixo a gente vai falar mais sobre esse formato de trabalho e sobre o MEI. Se você trabalha na internet e tem o intuito de oficializar o seu negócio, continue lendo porque esse conteúdo pode te ajudar e muito a tomar as melhores decisões no seu empreendimento.

Quem pode ser MEI

A primeira coisa é considerar quem é que pode ser MEI. E de forma resumida é muito fácil saber disso. Você não pode ser dono de uma empresa e nem sócio. Outra coisa tem a ver com o faturamento máximo do seu negócio, que deve ser de R$ 81 mil ao ano.

Portanto, se você ganha mais do que isso no ano e se já tem alguma sociedade está fora da lista de pessoas que podem ser MEIs. Mas, no contrário, é bem provável que você possa ter esse formato de trabalho na sua vida.

Então, quem trabalha na internet pode ser MEI?

A verdade é que existe uma lista de atividades que são permitidas no MEI. E se você encontrar uma atividade que tenha a ver com o seu tipo de trabalho, ok. Você pode ser um MEI. Independente de atuar na internet ou em outro lugar.

A lista você pode acompanhar nessa página do Portal do Empreendedor.

O ideal é você não mentir, obviamente. Mas, existem várias possibilidades de pessoas que trabalham na internet e se tornam MEI. Em alguns casos, isso não é possível, mas não é o que é comum aqui no Brasil.

Há, inclusive, uma descrição que tem a ver com o trabalho de “marketing digital” e isso abre espaço para muita gente que ganha dinheiro online e começa sendo um MEI. Lembrando que se o faturamento for maior do que R$ 81 mil você tem que migrar para outro tipo tributação.

Vale a pena ser MEI enquanto trabalha na internet?

Mas, será que vale a pena ser um MEI? A verdade é que sim, quase sempre vale a pena porque você tem benefícios e acaba tendo um tributo muito baixo para ser pago ao governo, referente aos impostos.

De modo geral, essa espécie de mensalidade é de pouco mais de R$ 50, o que é considerado baixo. E você paga em parcela mensal, em um único boleto. E isso te dá direito a aposentadoria do governo, auxílio doença e maternidade, por exemplo.

Por outro lado, se você está crescendo e faturando cada vez mais, aí você vai precisar migrar para um tipo de negócio maior, que tem mais tributos. Só que é o que sugere a lei. De qualquer forma, para quem está começando, o MEI é uma ótima escolha.