Saiba como o Sebrae ensina a ter um ateliê de costura

O Sebrae é uma instituição que tem o foco de auxiliar as pessoas na busca por um negócio que tenha sucesso financeiro. E nesse assunto entra todo tipo de negócio e toda área. Inclusive, tem um plano para costureiras.

Na verdade, a ideia de montar o ateliê de costura, que é passada pelo Sebrae, não é um plano de negócios. E sim uma forma de pensar em vários tópicos para formar um perfil de trabalho e gerar uma oportunidade de negócio.

Saiba como o Sebrae ensina a ter um ateliê de costura

Se você entende de reparos, saber colocar zíperes, fazer emendas, criar peças novas, estilizar e customizar, então, esse conteúdo é para você. Acompanhe.

O que é um ateliê?

Você conhece alguma costureira de bairro, não conhece? Aliás, você é uma? Saiba que agora tem uma nova ideia no mercado: os ateliês de costura.

E isso nada mais é do que uma evolução da profissão, que se tornou mais original. E o negócio continua sendo o mesmo: serviços e produtos com peças de roupas, seja na produção ou na customização delas.

Aqui a gente pode falar de tudo um pouco: roupas femininas, masculinas e infantis. Ou também para gestantes, plus size e fitness. E por aí vai: é um mercado que não para!

O mercado é bom?

Outra coisa é pensar no mercado de costura. Então, vamos à um dado bem interessante: o Brasil ocupa um lugar de muito destaque em todo mercado mundial nesse assunto, sendo o 6º maior produtor de roupas, calçados e acessórios.

E o mercado vai crescer. Conforme o Sebrae serão mais de 300 mil postos de trabalho até 2025. Lembrando que o público feminino ainda é o maior público consumidor de roupas por aqui.

E onde montar o ateliê?

Mais um ponto importante para quem vai montar um ateliê de costura é pensar na localização, que é um ponto estrategicamente importante para esse negócio ter sucesso.

Para o Sebrae, ele deve estar “próximo ao público alvo”. E isso inclui desde shoppings centers até mesmo bairros menores ou centros comerciais e avenidas movimentadas.

Além disso, é preciso pesquisar coisas como a oferta e a demanda do lugar.

Abrir um negócio custa caro?

Por último, temos que considerar também que ao abrir um negócio é preciso estudar toda a legislação local, que é especifica para cada tipo de negócio. Mas, isso é menos complicado do que parece porque tem instituições que facilitam a vida nessa hora.

Estruturalmente falando, é preciso ter espaço para produzir, para medir as roupas e fazer as provas, além de um escritório para a parte financeira. E mais: tudo isso tem que estar de acordo com a Prefeitura local.

Ficou interessado?

Se você ficou interessado nesse assunto, saiba que é o Sebrae quem passou as dicas. E ele tem disponibilizado gratuitamente na internet o assunto todo, com mais de 20 tópicos sobre como abrir um ateliê de costura de sucesso.

O que fizemos aqui foi apenas trazer uma ideia de como isso funciona.

Agora, se você quer se aprofundar no assunto, o ideal é ler o documento todo. Lembrando que é gratuito e não cobra nada, nem mesmo cadastro, ok?

Acesse agora mesmo e comece a levar em conta a ideia de tirar o seu sonho do papel.