Sabe outro idioma? Trabalhe como tradutor

Se você obedeceu a sua mãe que te forçava a frequentar o cursinho de idioma, você se deu bem. Se você hoje sabe falar outra língua saiba que existem vagas de trabalho como tradutor no mercado. Um segundo idioma é uma das maiores vantagens na hora de conseguir uma oportunidade.

Mas, se até hoje você não sabe o que fazer com o seu cursinho de inglês, fica ligado. O trabalho de um tradutor é uma opção para você que sabe outro idioma. Com ele, você pode aproveitar seu conhecimento na língua e se destacar em diversas oportunidades de trabalho.

Antes de ir para as dicas, não confunda o tradutor com um intérprete. O trabalho de intérprete é a tradução simultânea de uma língua para outra, normalmente usado em palestras. O tradutor é outra coisa. O trabalho dele não é ao vivo e nem precisa de plateia. Muito do que ele faz pode ser online, presencial ou até freelancer. Quer saber mais?

tradutor
Fonte: (Reprodução/Internet)

O que é ser um tradutor? Quais habilidades você precisa para ser um e por onde começar? Fica de olho aqui.

Segundo idioma

Se você já tem um segundo idioma, seja inglês, espanhol ou outro, pode começar a trabalhar com  isso. Não tem jeito para dar aulas, fica ligado que o cargo de tradutor pode dar certo para você.

Atualmente, quem fala inglês tem o salário até 70% maior que o de quem não fala. Isso exemplifica que ter outro idioma no currículo é essencial para se destacar no mercado. Mas anota aí, daqui a um pouco tempo ter o inglês não será mais um diferencial, mas uma competência básica como já tem sido para muitos cargos.

Falando de um cargo específico voltado para língua, dar aulas de um segundo idioma, é o jeito mais tradicional para quem sabe falar inglês ou espanhol. No entanto, a área do ensino pode não ser para todo mundo, só que mesmo assim, ser bilíngue te dá outras possibilidades de emprego, como a tradução, por exemplo.

O que faz um tradutor

Já sabemos que o tradutor não é um intérprete. Adianto o assunto, podemos informar que o trabalho é mais técnico. Ele é um tradutor de texto. Também há possibilidade de traduzir livros de literatura, no entanto, essa área corresponde a uma pequena porcentagem do volume de tradução.

O que é esse volume? É o somatório de todo conteúdo que não foi escrito em português, mas precisa ser traduzido para o mercado brasileiro. Como sabemos e vemos em casa, há uma porção de equipamentos que não foram produzidos no Brasil.

Produtos, filmes, eletrônicos, livros e etc. Se você olhar ao redor vai começar a ver que tudo que não estava na sua língua nativa,  agora está foi traduzido por um tradutor.

Normalmente, contrata-se tradutores para traduzir manuais, como de televisões, geladeiras, computador e outros equipamentos. Também é possível trabalhar com a produção de legenda dos filmes, já pensou que legal assistir os filmes como trabalho? Mas, espera aí que tem mais coisa sobre o tradutor.

O profissional traduz para seu idioma nativo

Nós começamos perguntado se você falava um segundo idioma certo? Mas para trabalhar como tradutor é importante saber que você, se sabe inglês, não vai traduzir as coisas para o inglês e sim para o português. Isso mesmo. Os tradutores utilizam o idioma que sabem apenas para conseguir compreender o conteúdo, mas geralmente irão colocar aquele texto para seu idioma nativo.

Se você é brasileiro, mas fala mandarim, tudo que você for traduzir vai ser do mandarim para o português. Se você tem o inglês como segundo idioma e o português, os seus textos serão traduzidos do inglês para o português. Legal, né?

Isso significa que é preciso ter um conhecimento afiado da segunda língua, e mais afiado ainda no seu idioma nativo. Porquê? Porque quando você for traduzir para o português o seu trabalho será corrigido no seu idioma. A sua tradução vai servir para quem fala português como você e por isso precisa estar muito bem feito.

Quer virar tradutor? Segue essas dicas

Existe um grande tradutor que diz que “para cada 1 hora estudada de inglês, por exemplo, você precisa estudar 3 horas de português”. Isso parece exagerado, mas a nossa língua é uma das mais difíceis do mundo não só na pronúncia, mas na gramática também.

Precisa ser criativo e inteligente para saber traduzir as frases para o que faz mais sentido no seu próprio idioma. Não basta só entender o que você está lendo em outra língua, é necessário conseguir demonstrar por meio da capacidade de expressão o que aquilo quer dizer em português. Ou seja, tem que fazer sentido para quem está lendo.

Muitas pessoas que atualmente sabem outro idioma, aprenderam seguindo métodos não de tradução, mas de compreensão do idioma. Você lê e entende, você não lê, traduz e entende. Então as vezes pode ser difícil conseguir traduzir com perfeição uma frase de outro idioma para o seu, mesmo que fale português muito bem. Mas, treine e estude que não é impossível.

Por onde começar?

Tem basicamente duas maneiras de trabalhar como tradutor. A primeira é ter um cliente direto onde uma pessoa física ou empresa te contrata para ser um tradutor. A remuneração é maior porque é feita diretamente para você, só que é mais difícil conseguir clientes por conta própria não é mesmo?

A outra maneira é trabalhar por uma agência, onde ela mesma gerencia os clientes e te passam o seu trabalho. Normalmente, grandes agências atendem empresas de porte mundial, como a Apple. Com agências, você pode conseguir trabalhos presenciais ou home office.

Um detalhe importante sobre o trabalho de um tradutor é que ele trabalha por demanda, dependendo da agência quanto mais você traduzir, mais pode ganhar. Mas como encontrar sua primeira agência ou cliente? Aqui você pode consultar as 10 melhores agências de tradução do Brasil e acessar vagas aqui.