Quando e como sacar FGTS – Entenda

Lembra ano passado quando, buscando movimentar mais a economia, foi liberado um saque do FGTS? Pois é, em meio à crise causada pela quarentena, o Governo Federal vai liberar novamente um saque emergencial do FGTS para esse ano ainda, independente de seu aniversário.

Normalmente, o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, FGTS, segue uma tabelinha onde, com base no mês de seu aniversário, tem um período para realizar o saque. São períodos com início no mês de Junho do ano corrente e fundando em fevereiro do outro ano.

Contudo, até dezembro desse ano, vai ser possível realizar o saque independente do mês do aniversário. Esse saque, vai começar em 15 de junho e finda no dia 31 de dezembro e será possível sacar até R$ 1.045,00.

Quando e como sacar FGTS - Entenda
Fonte (Reprodução/internet)

Está curioso para saber se você terá direito à esse valor, quando poderá solicitar e como fazer isso?

Para quem esse saque é destinado?

Um dos assuntos mais falados nos últimos meses foi o R$ 600,00 do auxílio emergencial, concorda? Que deveria ser solicitado pelo aplicativo, passar por uma análise e, sendo aprovado, o beneficiário receberia o valor em sua conta, ou poderia sacar em alguma instituição da Caixa, como agências bancárias e Lotéricas.

ANÚNCIO

Contudo, diferente dos R$ 600,00, esse saque do FGTS é destinado à todo trabalhador que possui saldo no FGTS, ainda que esse saldo esteja em contas inativas, isso é, de empresas de onde ele já saiu.

Ou seja, todo brasileiro terá direito à esse saque emergencial, com o limite de um salário mínimo, isso é, R$ 1.045,00. Então, se você está precisando desse dinheiro, não vai precisar se preocupar se está dentro dos pré requisitos ou não.

Quando poderei sacar o FGTS?

A Medida Provisória tem data de início, que é dia 15 de junho e data de término, que é no dia 31 de dezembro de 2020, contudo, o calendário específico dos saques ainda não foi liberado, de forma que a única certeza que há, até o momento, é que esse saque acontecerá ainda esse ano.

Contudo, o mais provável, é que ele siga a lógica do FGTS, isso é, um cronograma montado com base no mês de aniversário, afinal, esse é o padrão adotado há um bom tempo pelo FGTS e foi o mesmo usado na medida do ano passado.

Como vai funcionar o Saque?

Como foi dito ali em cima, o saque máximo é de um salário mínimo, isso é, R$ 1.045,00 que será descontado, primeiro das contas inativas com menor saldo, depois das contas ativas, também com menor saldo.

Ou seja, se você tiver R$ 800,00 em uma conta inativa e R$ 400,00 em uma conta ativa, o saque irá descontar os R$ 800,00 da conta inativa e, depois, os R$ 245,00 restantes da conta ativa, sempre somando até o valor limite.

Pequena curiosidade, se você tiver uma conta poupança na Caixa e não quiser realizar esse saque, precisa avisar a instituição até o dia 30 de agosto, caso contrário, o valor será creditado em sua conta de forma automática. Se você não for cliente Caixa e não quiser realizar o saque, não é preciso fazer nada.

Consultar o saldo

Para consultar o saldo, você pode dar uma olhada no aplicativo FGTS, onde é possível visualizar o saldo, relizar solicitações e até mesmo cadastrar conta de outro banco para onde o benefício deve ser transferido.

Contato

Caso queira mais informações, pode entrar no site da Caixa, se dirigir à uma agência próxima ou ligar no telefone 0800 726-0207

Endereço Sede

SBS Quadra 4, Bl. A, Lt 3 / 4, 21° andar, Presi/Gecol

Asa Sul – Brasília -DF

CEP: 70.092-900

ANÚNCIO