O que um e-commerce precisa ter para dar lucro

Quando vai pensar em criar um e-commerce, isto é, começar um e-commerce do zero, o empreendedor tem muitas dúvidas. Afinal, o que um e-commerce precisa ter para funcionar de verdade e gerar lucros? A gente foi atrás das respostas para essa pergunta.

Logo, se você quer saber como se destacar em um mundo digital onde se tem tantos concorrentes de grande porte (como Americanas, Magazine Luiza, Amazon), o ideal é analisar os pontos principais dessa loja virtual que você vai montar.

Pensando nisso, trouxemos para este conteúdo vários tópicos que são importantes e, até mesmo, imprescindíveis para quem está começando no e-commerce. No final, você vai ver que o artigo pode ser usado como um guia para você montar a sua loja virtual do zero.

Cultura

Fernando Boscolo é atualmente da Privalia, que está entre os maiores e-commerces do Brasil. Ele dá a primeira dica, que é sobre a cultura da sua empresa digital. “É preciso ter uma cultura muito forte, disciplina, simplicidade, orientação aos clientes e parceiros, e claro, time”.

Por isso, não se trata apenas de vender um produto ou curar a dor de um cliente, como muitos especialistas costumam dizer. O ideal é você ter uma missão, um objetivo e um motivo para existir – você e todo mundo ao seu redor precisa estar crente nisso também.

ANÚNCIO

Tendências

A próxima dica também é do Boscolo, só que dessa vez é para quem quer entender sobre as tendências para o setor em que vai atuar. Então, o que um e-commerce precisa ter nada mais é do que atualidade, modernidade.

O especialista diz que as marcas vão passar a entender o e-commerce como um complemento ao comércio físico – e não, necessariamente, um concorrente.

“Pense em como ser relevante para os seus clientes em primeiro lugar. O erro está em tentar crescer para depois se tornar rentável. É importante ser rentável desde o começo”. Ele diz que para isso é preciso entender de tendências do mercado na sua área.

Atendimento

Ainda citando a Privalia como exemplo de e-commerce de sucesso, considere que o atendimento ao cliente é visto como crucial. Assim, a empresa busca adotar formas de comunicação que atendem às necessidades dos consumidores.

Logo, a Privalia tem hoje o atendimento por e-mail, telefone, WhatsApp, chat e aplicativo. Aliás, Boscolo comenta que mesmo que o Brasil tenha ótimos resultados nas mídias sociais, é preciso saber que nem todo brasileiro faz compras pelo e-commerce.

Mercado

Na visão do manager, o mercado deve ser visto como forma de adaptação da empresa. Assim sendo, a ideia é se reinventar a cada dia, a cada venda, a cada novo produto.

“Nos reinventamos várias vezes no passado e vamos continuar nos reinventando. O futuro se impõe”.

O consumidor

Mais uma das dicas importantes para o que um e-commerce precisa ter nos dias de hoje é se atentar para a importância do consumidor final, que é quem, de fato, vai fazer a compra. O que ninguém duvida é que ele está bem mais exigente.

Assim sendo, usa a internet para fazer comparação de marcas, de preços, de benefícios. “O consumidor compara uma loja em um aplicativo de entregas com outro de viagens. Assim, ele exige que a experiência seja a melhor possível”.

Ferramentas

Mais um ponto que ninguém discorda é o fato de que atualmente existem várias ferramentas que podem e devem ser usadas em favor do empreendedor e do e-commerce. Inclusive, essa também é a opinião de outro especialista.

Adalberto é do Peixe Urbano e do Groupon. Ele diz que “Temos clientes e precisamos sempre pensar no que é melhor para eles, a fim de garantir uma parceria boa para todos e duradoura”. Ele diz isso ao citar os seus clientes consumidores e também os lojistas, que fazem os anúncios.

Além disso, saiba que no exterior já tem crescido a opção de compras por assistente de voz.

Épocas

Um detalhe bem legal é considerar que no e-commerce também se criou uma busca incessante por épocas para as compras online. Isto é: as pessoas esperam determinados dias para comprar – e não se trata apenas de datas comerciais.

O que um e-commerce precisa ter

Por exemplo, a semana do consumidor tem feito sucesso no país. Assim como a já famosa Black Friday. Então, os especialistas recomendam que se acompanhe tais épocas do ano em que dá para aumentar as vendas e caprichar nas campanhas.

“Não se esqueça das datas promocionais e questões sazonais, que podem gerar oportunidades ou prejuízos se não forem bem aproveitadas”.

Pagamentos

Outra tendência que já está disponível no mundo e até mesmo aqui no Brasil tem a ver com os pagamentos simplificados. Então, saiba que hoje dá para pagar uma compra online muito além do boleto bancário ou do cartão de crédito.

Existem tecnologias que permitem, por exemplo, a inserção de saldo por meio de Paypal ou Mercado Pago, que podem ser aliadas do lojista. Então, temos mais uma das ideias importantes sobre o que um e-commerce precisa ter para ter sucesso hoje em dia.

Veja os 7 principais erros no e-commerce que os novos empreendedores cometem

Logística

Já indo para o final do conteúdo, a gente não pode deixar de lado o fato de que todo consumidor quer uma entrega rápida e segura, né. Portanto, se há uma boa dica aqui é sobre você se organizar para ter uma boa logística.

Assim sendo, quem quer estar no comércio eletrônico deve usar alguns programas que facilitem a gestão – tanto da logística como de outras áreas. São os chamados ERPs.

ANÚNCIO