O que estudar para abrir uma empresa? Confira 5 áreas imprescindíveis

O empreendedorismo é um novo conceito que existe no mundo todo e tem tornado diversos projetos (que antes eram vistos como impossíveis) possíveis. No entanto, mesmo quem pensa muito nisso fica com dúvida sobre o que estudar para abrir uma empresa.

E a nossa ideia, com este conteúdo, é justamente responder essa pergunta. Afinal de contas, a gente sabe que não é preciso ter uma faculdade e nem mesmo uma especialização para se tornar dono do próprio negócio. Por outro lado, há conhecimentos imprescindíveis.

Então, sendo assim, quais seriam esses conhecimentos? A gente vai listar aqui os 5 mais importantes. São áreas que você deve dominar, ao menos, no básico. Porque ainda que poderá contar com a ajuda de outros profissionais, saiba que vai atuar nelas diretamente.

Estamos falando de itens como a gestão de pessoas, o uso da tecnologia, a contabilidade e toda parte financeira, os conhecimentos específicos de cada negócio, além da gestão empresarial. Abaixo, vamos explicar mais sobre cada uma dessas áreas.

As áreas imprescindíveis para ter conhecimento

A gente não pensou duas vezes: optamos por sermos o mais objetivo possível. Sendo assim, a verdade é que se você não tem um desses conhecimentos abaixo, nem que seja o mais básico possível, saiba que com certeza você não está pronto para empreender.

ANÚNCIO

E se assim fizer, considere que correrá riscos de que o seu empreendimento fracasse logo nos primeiros meses. Tanto é que o Sebrae sempre diz que a maioria das empresas novas entram em falência antes de completar 12 meses justamente pela falta de conhecimento.

1 – Gestão de Pessoas

A gestão de pessoas é aquela área importante porque o empresário será um líder que vai ter que saber conversar e se comunicar com todo tipo de pessoa – que pode ser um colaborador ou um fornecedor ou até mesmo o cliente final.

Logo, a gente tem que pensar que ele poderá ter uma equipe de funcionários e prestadores de serviços. Então, terá a missão de guiar essas pessoas na busca pelo objetivo comum, que é o rendimento da empresa. E há conceitos técnicos a serem aprendidos nessa área.

2 – Tecnologia

Já outra das respostas para a pergunta sobre o que estudar para abrir uma empresa vem da tecnologia. Hoje em dia, ainda que você queira ter um bar físico ou uma loja que não tem site, saiba que a tecnologia precisa ser um ponto de eficiência na sua empresa.

Assim sendo, pode ser para enviar um e-mail com a nota fiscal de venda ou até mesmo para criar uma campanha publicitária nas redes sociais ou ainda para usar as maquininhas de cartões que estão cada vez mais tecnológicas.

3 – Contabilidade

A gente não tem muitas dúvidas para falar da parte financeira, que é o que vai mover a empresa para cima (lucro) ou para baixo (prejuízo). Basicamente, você tem que conhecer conceitos simples, como capital de giro, investimento, receita, gastos, etc.

Você deve conhecer o básico antes mesmo de optar por abrir o próprio negócio e isso passa ainda pelas obrigações fiscais, que tem a ver com o pagamento mensal e anual de impostos – o que é obrigatório para todas as empresas, até mesmo os micros negócios.

4 – Conhecimentos Específicos

Do lado dos conhecimentos específicos, saiba que isso vai depender um pouco da sua atuação, do seu mercado, do seu produto. Obviamente, tudo isso precisa ser conhecido afundo por você. Quanto mais detalhes você souber, melhor para você e a sua empresa.

Por exemplo, você não pode vender um sapato sem saber o que ele tem de diferente. Assim como é ideal você saber o que o mercado está oferecendo ao público. E, mais do que isso, conhecer os gostos do seu cliente. Isso é conhecimento específico, ok?

5 – Gestão Empresarial

O último tópico que vai responder o que estudar para abrir uma empresa é a gestão empresarial. Nesse caso, a ideia é que você tenha uma ideia de estratégias de negócios e isso vai envolver praticamente tudo o que já falamos – e um pouco mais.

Por exemplo, você vai aprender a controlar o fluxo de caixa com base nas suas vendas. Assim como poderá aprender a criar uma publicidade focada no seu público alvo. E assim por diante. Logo, é isso que vai garantir a sustentabilidade do seu empreendimento.

Mas, é preciso fazer faculdade?

Para terminar o conteúdo, você pode ter ficado com uma última dúvida. Oras, se eu preciso de tanto conhecimento assim, então, tenho que fazer uma faculdade de administração? Obviamente, é recomendável que se faça – mas, isso não é obrigatório.

O que estudar para abrir uma empresa

Ainda mais porque hoje em dia a gente tem uma série de cursos gratuitos de qualidade sobre todos os temas que foram citados acima. Então, para empreender, o mais importante é você ter o conhecimento na prática e não a teoria no currículo, ok?

Assim sendo, se você se prontificar a estudar de verdade os assuntos e aprender com as aulas dos cursos ou ao falar com especialistas e pessoas que são empreendedores, com certeza, isso terá um peso maior ou equivalente a ter feito uma faculdade.

Novamente lembrando: a gente não quer que você não estude faculdade ok? Mas, de fato, você tem que entender que existe uma importância bem grande em aprender e adquirir conhecimento, o que pode ir além das aulas presenciais.

ANÚNCIO