Aprenda como negociar a dívida com a faculdade

A média da mensalidade de uma faculdade no Brasil é de R$ 1,2 mil aqui no Brasil. Assim sendo, nem todo universitário consegue honrar com esses compromissos financeiros durante todo tempo de curso. Ainda mais quando não conseguem um emprego nesse tempo.

O que acaba acontecendo é a inadimplência. Aí, fica a pergunta: como fazer para negociar essa conta com a faculdade? A gente vai te dar a resposta abaixo. Mas, antes disso considere também outros pontos importantes sobre esse assunto.

As dicas abaixo são bem importantes porque por mais que você seja alguém organizado, no decorrer do ano e do curso podem acontecer muitas mudanças e isso pode afetar o seu orçamento financeiro.

As contas da faculdade

O problema maior é que as contas faculdades não se somam apenas com as mensalidades. É preciso considerar também a matrícula inicial e as rematrículas. Além disso, tem outros gastos incluídos nisso tudo.

Um deles é com o transporte, se você estiver estudando em uma faculdade física. E aí se acrescenta o gasto com a alimentação também.

ANÚNCIO

E isso porque nem citamos ainda a compra de materiais escolares, como lápis, cadernos ou até mesmo o tablet. E ninguém consegue passar um único ano sem ter que tirar várias cópias de resumos, de livros, de referências.

Por isso, com os imprevistos, você pode precisar de uma renegociação de dívida na faculdade.

Os seus direitos

Aprenda como negociar a dívida com a faculdade

Um dos principais pontos é entender quais são os seus direitos caso tenha atrasado no pagamento das mensalidades da faculdade. A primeira informação é a de que você pode ser negativado, isto é, ter o nome sujo em órgãos como o SPC e o Serasa.

E isso está no Código de Defesa do Consumidor. Assim sendo, o consumidor de serviços educacionais, como faculdade, pode ser negativado em bancos de dados.

Outra coisa é sobre assistir as aulas. Será que mesmo negativado dá para continuar estudando? Isso também está no Código e diz que o aluno não pode ser proibido de assistir aulas pela instituição educacional dentro daquele ano letivo.

Agora, para quem não pagou a matrícula, as regras mudam e aí o aluno perde o direito ao estudo, obviamente. Lembrando que boa parte das faculdades possuem anos letivos semestrais e não anuais, ok?

Como negociar a dívida

Aqui, no fim do conteúdo, saiba que não tem muito segredo: você tem que ir pessoalmente até a sua universidade para negociar os débitos. Isso quer dizer que lá vai ter uma área “financeira” para te dar algumas opções de pagamento.

Se você tiver interesse em continuar o curso, vai ser preciso regularizar a situação para iniciar o próximo ano letivo.

Agora, uma novidade é que as empresas educacionais do grupo Kroton estão no Serasa Limpa Nome. E isso quer dizer que o aluno com dívidas pode negociar a conta pelo Serasa também. O Serasa vai dar várias possibilidades de pagamento e isso varia de consumidor para consumidor.

Se você não sabe se a sua faculdade faz parte do grupo Kroton, anote aí as que fazem: Pitágoras Faculdade, Unopar, Unic, Fama, Uniderp, Unime.

ANÚNCIO