MEI – Saiba quanto cobrar pelo seu serviço

Todo MEI (Microempreendedor Individual) tem algumas dúvidas na hora de abrir o próprio negócio. Uma das dúvidas é sobre qual valor cobrar pelos serviços ou pela venda dos produtos.

Existem algumas dicas que são bem vindas quanto a esse assunto. E nós separamos as principais, acompanhe.

MEI - Saiba quanto cobrar pelo seu serviço

Aliás, uma boa ideia para quem está estudando essas possibilidades é encontrar o Sebrae, que é uma instituição que presta o serviço, muitas vezes gratuitamente, para os jovens empreendedores.

Avalie o seu concorrente

Mesmo que você não vai cobrar o mesmo valor que o seu concorrente, saiba que usar o preço do concorrente como maneira de estudar o mercado é uma ótima ideia.

Isso vai te dar parâmetros sobre como você está posicionado no mercado. E mesmo que existam diferenciais, saiba que é um bom parâmetro. 

O ideal, no entanto, não é cobrar a mais ou menos só para bater a concorrência. Isso porque você pode ter outras formas de fazer isso.

Mas, vale a pena para ter um estudo sobre os preços e uma ideia geral sobre os valores dos seus serviços.

Tenha o seu lucro 

Depois que avalia o concorrente, muita gente quer colocar o preço do seu serviço lá embaixo. No entanto, isso nem sempre vai dar certo. 

O motivo é que cada pessoa tem o seu custo de trabalho, os seus equipamentos de uso, o seu tempo, a sua qualidade e também os seus diferenciais de mercado. 

Por isso, você pode ter o concorrente como análise, só que nunca deve usar o preço dele como o seu. É preciso fazer as contas para ter o seu lucro.

Estude a oferta e a demanda

Outro ponto que precisa ser estudado é analisar a oferta e a demanda da sua região ou do seu público porque isso pode fazer variar o seu preço também.

Se o cliente tem muita oferta, ele vai poder optar pelo melhor, pelo mais barato, pelo de melhor custo-benefício, etc. E aí, o ideal é que você esteja encaixado em um desses pontos.

Por outro lado, se existe pouca oferta, aí você até entra em exclusividade, o que pode te ajudar a ter um lucro maior, por exemplo. 

Faça as promoções

Se você está no começo da carreira ou da vida profissional, considere que vai precisar fazer promoções para mostrar o seu talento para o mercado.

Isso não quer dizer trabalhar de graça, mas sim algo como diminuir o lucro até que se tenha um bom portfólio de mercado. 

Aí, com base no número de clientes e no seu horário de trabalho, uma boa ideia é ir aumentando o seu lucro. Mas, isso deve acontecer de forma gradativa.

Valorize o seu trabalho

Já para depois que tiver uma cliente formada, a dica é outra: valorize o seu trabalho. Quando já puder ter um bom número de clientes para dar lucro ao seu empreendimento, considere que vai existir o seu futuro cliente que busca apenas o preço.

Só que isso não é bom para você nesse momento. Afinal, você já tem um bom portfólio para mostrar e fazer propaganda. A dica é se valorizar e cobrar aquilo que é justo para você.