Conheça os 4 maiores erros de um líder – e como consertá-los

Uma pesquisa divulga pela consultoria Mckinsey mostrou que mais de 90% dos CEO’s planejam aumentar os investimentos em desenvolvimento de lideranças. Isso já torna motivo o bastante para falarmos aqui dos maiores erros de um líder.

Mas, além disso, saiba que esse estudo chegou a uma conclusão: os empreendedores veem isso como uma das questões mais importantes enfrentadas por suas empresas nos dias contemporâneos.

Portanto, o que não dá para negar é que em um mundo em constante transformação a formação de lideranças passou a ser imprescindível para escalar as empresas. Aqui, entenda-se escalar empresas como ter um plano de negócios de sucesso, com lucratividade.

Na verdade, em muitas empresas essa ideia de formar lideranças passou a ser a única forma de melhorar a eficiência, aumentar rentabilidade e, consequentemente, gerar mais valor de mercado também.

Agora, vamos combinar que por mais que este assunto já seja tratado com a sua devida prioridade, ainda é comum encontrarmos empresas que não sabem exatamente o que é analisar e muito menos como desenvolver novas lideranças.

ANÚNCIO

Uma saída é começarmos a aprender com os erros, que são bem mais comuns do que você poderia imaginar.

Os 4 maiores erros de um líder

Os erros considerados mais graves na vida de um líder foram estudados e mencionamos por Marcelo Furtado, que é CEO da Convenia. Ele publicou um conteúdo na revista impressa Gestão e Negócios (ed. 127).

Sendo assim, trouxemos eles aqui para você conhecer e consideramos ainda alguns comentários do especialista, que é focado em assuntos como o da gestão das empresas e também aqueles relacionados com a liderança.

“O mais importante é o processo de aprendizagem que você e os membros do time tiverem. No final, liderar não é um fim. Deve ser encarado como uma jornada de evolução do gestor”.

1 – O LÍDER “GURU”

Para o autor, essa é a maior confusão em novos líderes. Afinal, o líder é aquele que tem as respostas para todos os problemas que o time enfrenta? Obviamente, não.

Mas, ainda assim tem muita gente que acha que o líder deveria ser um oráculo para saber o que vai acontecer no futuro. Ou que ele deveria sempre ter uma solução para o problema que surge a qualquer momento.

Porém, Furtado diz que na realidade um verdadeiro líder deveria fazer as perguntas certas para que o seu time pense e chegue às soluções.

“Sê você, como líder, não deixa que seu time contribua com ideias e tome riscos, o que acaba acontecendo é que você se vê isolado em um time que apenas aperta parafuso. Para exercer a verdadeira liderança, tenha na cabeça que você, provavelmente, não tem a melhor resposta”.

A solução para quem quer evitar cair nesse erro é: incentivar o time a compartilhar as ideias. Isso porque o resultado visto é que ao invés de se tornar um líder mais fraco, isso vai fazer com que o time o admire e, consequentemente, você se torne um líder inspirador.

2 – O LÍDER “AMIGÃO”

Ele cita um próximo líder que também não costuma ter muito sucesso porque vê as tomadas de decisões para um objetivo apenas pessoal dos outros colaboradores.

É fácil entender esse como um dos maiores erros de um líder. Afinal, esse tipo de líder é muito preocupado em promover pessoas. No entanto, não entrega os resultados que as empresas precisam ter – seja em números, relatórios ou datas.

“Olhar para as pessoas do time é essencial, mas de nada adianta se o resultado não for entregue. Um líder deve otimizar para o coletivo e nunca para o indivíduo. Isso significa que as tomadas de decisões devem olhar para o bem do grupo, da empresa”.

Ele vê como melhor saída o fato de sempre manter o time focado em um objetivo específico. E fazer isso acompanhando as metas e compartilhando as informações com os liderados.

3 – O LÍDER “CARRASCO”

O próximo é um tipo de líder oposto ao “amigão”, que foi citado acima. Aqui, o gestor está preocupado apenas com a entrega de resultados sem se importar com as necessidades ou opiniões dos outros integrantes.

Os resultados até podem vir no curto prazo, porém no médio prazo os lideres perdem motivação e param de produzir.

Nesse caso, a solução também é simples: contribuir para desenvolver os membros do seu time profissionalmente e pessoalmente. “Você está de fato dando autonomia para que eles aprendam a pensar e não apenas a executar”?

Ele diz que essa é apenas uma das questões essenciais para ter uma visão mais orientada com as pessoas que estão trabalhando na mesma direção que você.

maiores erros de um líder

4 – O LÍDER “DISTANTE”

O último dos maiores erros de um líder é ficar distante de tudo. Por este motivo, é importante estar no controle da equipe, mas sem ser pessoal demais e nem mesmo profissional demais. O ideal é ter equilíbrio.

“Este é um dos maiores erros que um líder pode cometer. Independentemente de qualquer teoria de lideranças, é imprescindível que o gestor esteja próximo não apenas fisicamente como emocionalmente a todas as pessoas que ele lidera”.

O resultado disso tudo, conforme Furtado, é o de que liderar não é um trabalho fácil nem mesmo para aqueles que já nasceram com algumas facilidades em liderar equipes.

“Muitos anseiam se tornar líderes em suas carreiras, mas poucos conseguem ter a real dimensão da responsabilidade que isso traz”.

ANÚNCIO