Descubra como funciona a jornada de trabalho 12×36

Você já ouviu falar de alguém que trabalha na jornada 12×36, não ouviu? As vezes, até mesmo uma empresa já te ofereceu um serviço com essa proposta, né? Mas, você sabe, exatamente, o que é e como funciona a jornada de trabalho 12×36?

A ideia e o conceito são simples: é um tipo de contrato onde o trabalhador atua 12 horas seguidas e depois folga 36 horas consecutivas. Claro que durante o trabalho, de 12 horas, há intervalos de intrajornada, como para alimentação.

Descubra como funciona a jornada de trabalho 12x36

Em alguns casos, esse intervalo de 1 hora não é dado como obrigatório, aí, nesse caso, o trabalhador vai receber o valor como hora extra.

Exemplo

O melhor jeito de entender o trabalho nessa jornada é com exemplos.

Então, uma pessoa que cumpre a sua jornada das 6 horas até as 18 horas trabalha 12 horas em uma segunda-feira. Assim, o próximo dia de trabalho será na quarta-feira, podendo ser no mesmo horário.

Isso porque a partir das 18 horas de segunda até as 6 horas de quarta-feira vão se somar 36 horas.

Nessa conta fica fácil ver que ele trabalhou por 12 horas e agora vai ter um descanso de 36 horas até voltar ao trabalho. Por isso, a jornada de 12×36.

Atualmente, médicos, enfermeiros, auxiliares, vigilantes e porteiros são os profissionais que mais atuam nesse formato de trabalho.

Lei

Vale lembrar que a jornada de 12×36 é uma forma de trabalho aceita em lei. Mas, para isso, ela precisa ser acordada em convenções coletivas ou sindicatos.

Se isso não acontecer, a empresa não pode implantar a jornada para os seus funcionários.

Outro detalhe é que mesmo com a convenção, muitas empresas optam por fazer contratos individuais com cada um dos seus funcionários. E isso é muito bom para de seguir às riscas a lei.

Um exemplo de norma coletiva desse tipo é válida em caráter excepcional e assegura a remuneração do pagamento dobrado durante os feriados.

Horas Extras

Um detalhe importante na jornada de 12 horas por 36 horas é que se houver casos onde o trabalhador atue por mais de 12 horas, ele terá direito ao pagamento de horas extras, isto é, horas extraordinárias.

Isso está na súmula 85 do TST – Tribunal Superior do Trabalho.

Vale lembrar ainda que conforme contrato, a remuneração mensal deve incluir o descanso semanal, que também é remunerado.

Recursos Humanos

Uma forma inteligente de assegurar que a sua jornada de 12×36 está sendo feita de forma justa, saiba que é possível buscar a área de RH – Recursos Humanos – da sua empresa.

Por lá, você poderá ter acesso à documentos e todo amparo que precisa para entender melhor o seu contrato.

É muito importante entender sobre as regras, sobre os documentos, sobre as leis e tudo mais que gira em torno do que é direito do trabalhador.

O que é importante considerar nesse tipo de contrato é que os profissionais devem estar de acordo com o trabalho. Isso porque trabalhar 12 horas seguidas é considerado algo exaustivo e nem sempre é recomendado pela medicina do corpo e da mente.