5 ideias para investir no segmento de PETs

Enquanto o Brasil atravessava sua maior crise da história em 2017, o mercado pet conseguiu crescer 7% em relação ao ano anterior, segundo o Instituto Pet Brasil, que estima ainda que este segmento tenha movimentado R$ 25 bilhões naquele ano.

Provas não faltam de que um investimento nesse mercado pode render muito, mas a questão é: onde e como investir no segmento de PETs?

5 ideias para investir no segmento de PETs

Se essa é a pergunta que você também está se fazendo, descubra abaixo 5 ideias para investir nesse segmento e lucrar muito.

1 – Treinamento para cães

O nicho de treinamento para cães é um dos melhores para se investir no mercado pet, ainda mais nas grandes cidades, onde boa parte das pessoas mora em apartamentos e precisa ensinar os animais a viverem nesses espaços mais fechados.

E o melhor é que esse nicho é bastante amplo e o empreendedor pode investir de diferentes maneiras, seja no tradicional ou treinamento presencial com os donos e os animais ou lecionando cursos na internet e vendendo e-books.

Também é possível escolher um subnicho para atuar, como treinamento de cães de grande porte e de pequeno porte, entre outros.

2 – Hotel e creche para pets

Esse é um modelo de negócios relativamente novo no mercado pet, mas que vem ganhando força e crescendo muito ultimamente.

Na prática, ele funciona como um hotel comum só que voltado aos animais, oferecendo um espaço onde eles podem ficar enquanto os donos viajam de férias.

Mas a novidade neste segmento é o modelo de creches para os pets, que oferece um espaço onde eles podem ficar enquanto os donos estão fora de casa, no trabalho, por exemplo, ao mesmo tempo em que reúnem outros bichos para socializar.

E o melhor é que o investimento inicial nesse modelo pode ser bastante baixo, já que a própria casa do empreendedor pode ser usada.

3 – Fotografia de animais

Fotografar animais também pode ser uma ótima ideia de negócio no mercado pet e é um segmento que vem crescendo, já contando com várias agências especializadas.

Obviamente que ele requer que o empreendedor já tenha habilidade e formação em fotografia, mas o investimento inicial é relativamente baixo e a expectativa de lucros é alta.

Para se ter uma ideia já existem empresas no Brasil que cobram entre R$ 350 a R$ 950 para fotografar os pets.

E a depender do projeto, esse valor ainda pode subir bastante!

4 – Acessórios

Roupas, brinquedos, comedouros personalizados e quaisquer outros acessórios que mexam com a humanidade dos bichinhos sempres fazem sucesso no mercado.

E este é um nicho com bastante potencial, com algumas empresas que já estão lucrando muito.

A ideia aqui é não focar nos pets em si, mas sim nos seus donos, seus hábitos, atitudes e estilo de vida.

Uma pessoa que participa de motoclube, por exemplo, dificilmente compraria uma roupinha de balé para seu bulldog; mas uma roupinha com estilo rústico e uma placa de trânsito…

E o melhor é que este nicho é bastante amplo, sendo possível investir em um negócio que ofereça os mais diferentes tipos de produtos.

5 – Banho e Tosa

Por fim, o banho e tosa, que apesar de ser o nicho mais antigo deste mercado, continua sendo uma boa opção de investimento, já que continua também sendo o mais lucrativo de todos.

E a ideia para bater a concorrência, que é alta no nicho, é oferecer serviços diferenciados, como horários flexíveis, transporte dos animais e busca e entrega dos bichos em residência. Já tem empreendedor investido até mesmo em um banho e tosa móvel.

Dessa forma, vemos que o mercado pet ainda gigantes e muito bom para investimentos. Basta ter uma boa ideia e explorar um nicho para lucrar muito.