Veja 5 ideias de negócios do mercado fitness para este ano

A verdade é que não importa muito qual seja a sua idade, gênero e nem nada disso. O fato é que o mercado fitness está em alta para todo mundo. Aliás, é a partir dessa informação que surgem as ideias de negócios do mercado fitness que vamos mencionar abaixo.

Porque não importa o setor, em algum momento esse mercado vai aparecer na vida das pessoas. Pode ser em momentos ruins, como em casos de doenças. Ou até mesmo quando há uma mudança de vida radical. Ou ainda em situações mais naturais.

Porém, para quem está do outro lado da moeda, há de se observar uma crescente importância na criação de produtos e serviços para esse público. Aliás, público esse que está cada vez mais focado e exigente. Pensando nisso, temos aqui algumas ideias de negócios para investir.

1 – Aplicativos de Smartphones

A primeira das ideias tem a ver com os app de celulares. Por sinal, eles são bem famosos e já são considerados até mesmo como imprescindiveis na vida de muita gente. E se o assunto é o mercado fitness, temos aqui alguns bons exemplos.

Por exemplo, os aplicativos Freeletics ou BTFit, que são para treinos. Outro é o Samsung Health, que já vem no celular da marca e tem o objetivo de auxiliar no monitoramento geral da saúde dos clientes.

Saiba se é a hora de investir no mercado fitness

Outra opção demonstrativa é o Gympass, que na verdade não é apenas um aplicativo. Mas, sim uma plataforma agregadora, que auxilia na busac por academias, estúdios e modalidades para diferentes estilos de vida.

Atualmente, ele conta com 19 mil academias parceiras cadastradas no Brasil e 41 mil espalhadas em outros 14 países. É como uma Netflix fitness, com mais de 250 videoaulas para quem quer perder peso ou simplesmente se exercitar.

Outros apps

Ainda dentro das ideias de negócios do mercado fitness dos apps temos bons exemplos para serem citados. O “Desafio 30 Dias Fitness” é um deles. Inclusive, são mais de 10 milhões de downloads sendo que ele é bem simples de usar.

Outros são o Nike Training Club, que traz mais de 160 treinos gratuitos. Inclusive, tem o concorrente número 1 dele, que é o Runtastic, para quem quer caminhar, pedalar ou correr. Ou o MyFitnessPal, que funciona como um contador de calorias.

2 – Fornecedores de Serviços

A segunda ideia que trouxemos aqui é a de fornecer serviços para as empresas que estão posicionadas no mercado fitness. Afinal, esse também pode ser um bom negócio e lucrativo para os novos empreendedores.

Por isso, tome como exemplo a ideia de Marcus Moraes, que em 2002, criou a Mude. Essa é uma empresa responsável por projetos de wellness e mobiliários urbanos desportivos. Assim, está atuando dentro do país, em váriso estados.

O projeto dele teve iniciou na indústria que fabricava equipamentos em aço inoxidável para academias outdoor. Mais tarde, ele passou a focar academias ao ar livre com projetos de patrocínio de instituições privadas e apoio das prefeituras locais também.

Descubra 3 diferenciais para abrir uma academia para ganhar dinheiro

Isso tudo inclui ainda o aluguel de equipamentos e organização de eventos. Essa junção de serviços é o que torna o negócio sustentável e escalável.

3 – Moda Fitness

A verdade é que não dá para ficar sem falar da moda, né? Ela acompanha todos os mercados. Inclusive, o fitness. O que dá para encontrar nesse setor? Cosméticos, roupas. Tudo isso pode ser personalizado e bem focado nesse público, que vai em academias, por exemplo.

Se você duvida do mercado, vamos lá: em 2014, o Sebrae apontou 7 mil lojas de artigos esportivos. No mesmo ano, o Brasil era o 3º colocado entre os consumidores de produtos de higiene e beleza.

No entanto, como toda ideia de negócio, nesse caso você também terá que ter um projeto bem focado e estudado para ter lucro. Pensar onde você vai estar e vender, aliás é um ótimo começo. Assim, fazer parcerias com academias pode ser o diferencial.

4 – Crossfit

É bem possível que você já tenha ouvido falar do Crossfit. Se ainda não, saiba que é um tipo de atividade que inclui exercícios de muita intensidade e que combinam diferentes modalidades, como musculação e condicionamento físico.

A ideia foi criada nos anos 1990 e tornou-se uma marca bilionária nos dias atuais, com 1.050 academias oficialmente afiliadas no Brasil.

5 – Veggie

Veja 5 ideias de negócios do mercado fitness para este ano

A última das ideias de negócios do mercado fitness que vamos citar aqui é o veggie. A gente já explica melhor. Mas, antes considere que o Ibope mostrou que 14% da população brasileira se declara vegetariana.

Conheça 3 dicas para abrir um negócio fitness de comida

Isso dá um total de 30 milhões de pessoas. Portanto, é um mercado e tanto, não acha? Por exemplo, nas regiões metropolitanas, o aumento de adeptos foi considerável – eram apenas 8% em 2012 e, em 2018, subiram para 16%.