Fazer Uber – como trabalhar como motorista e ganhar o próprio dinheiro

Nos últimos anos muito tem se falado em fazer Uber. O Uber é um aplicativo para celular que tem o objetivo de dar aos consumidores a chance de se locomover sem pagar muito por isso. Para o motorista, cria-se a chance de ganhar dinheiro trabalhando por conta própria.

O aplicativo segue os preceitos das novas tecnologias apresentadas no planeta. O app está disponível para todo mundo e não tem custo. Quanto aos valores, eles são menores do que os táxis, além de ser mais confortáveis do que o transporte público, por exemplo.

Fazer Uber – como trabalhar como motorista e ganhar o próprio dinheiro

Descubra o que é preciso para ser um motorista do Uber hoje em dia, lembrando que todo processo é feito pela internet, isto é, online e sem que o interessado tenha que ficar horas no telefone ou na agência.

O trabalho por conta própria

Considere que o trabalho de Uber é um trabalho autônomo, onde o motorista usa um aplicativo (e paga taxa por isso), mas pode ser livre para fazer qualquer horário quiser e trabalhar em quais dias quiser também.

Assim, dá para conciliar o trabalho com outro ou trabalhar apenas nos finais de semana. O motorista do Uber pode atuar em vários pontos da cidade e em vários horários, lembrando que uma ideia é descobrir quais os locais e horários de maior fluxo.

Isso porque o Uber pode pegar um passageiro e quando chegar ao local de destino, pegar outro passageiro próximo dali. Essa ideia é que faz o Uber ser econômico para o passageiro e rentável para o motorista.

Leia o conteúdo até o fim e descubra se para você fazer Uber será uma profissão rentável, considerando as horas de trabalho, o carro e até mesmo a organização financeira. Leve em conta que existem requisitos para se tornar um Uber.

A CNH com EAR do motorista

Também é importante lembrar que o motorista que dirige para o Uber tem que ter uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com o EAR (Exerce Atividade Remunerada), sendo que isso é preciso perante a lei.

O documento é conseguido no Detran e o motorista precisa passar por algumas etapas para tirar essa nova carteira de motorista. Isso porque a atividade remunerada é aquele tipo de trabalho que dá ao proprietário do veículo uma recompensa monetária.

No Detran será preciso apresentar a Certidão de Registro e o Licenciamento do Veículo, que não precisa estar registrado no nome do condutor, podendo ser uma pessoa física ou jurídica. E isso já basta para conseguir a EAR na parte de documentos.

O carro do Uber

A escolha do carro que vai ser usado para o trabalho é muito importante para quem está estudando a chance de fazer Uber. Isso porque a empresa só aceita carros de passeio e que não seja tão antigo.

Um detalhe importante é que o aplicativo Uber não aceita veículos do estilo picapes, como o Fiat Strada ou a Saveiro, da Volkswagen. Minivans também ficam de fora, além de outros veículos de grande porte, como Peugeot Partner ou o Renault Kangoo.

A recomendação é ter um veículo que atenda aos requisitos do Uber e que dê ao passageiro o máximo de conforto e segurança possível. Vale considerar que a escolha do carro é importante para a avaliação que o motorista do Uber vai receber ao final da corrida.

O salário do motorista do Uber

Por se tratar de um trabalho autônomo e que depende do esforço e da dedicação do motorista, o salário é algo totalmente relativo. Óbvio que quanto mais corridas fizer, mais o motorista ganha, sendo algo considerado como da meritocracia.

Muitos sites especializados no assunto afirmam que há histórias de pessoas que trabalham 8 horas por dia como motorista do aplicativo de carros e ganham, na média, R$ 250 por dia, o que daria um valor semanal de R$ 1,7 mil e mais de R$ 6 mil no mês.

O que é preciso considerar é que estamos falando de um valor bruto, sem que seja descontado o gasto com combustível e manutenção do veículo, por exemplo. O importante é fazer as suas próprias contas para saber o valor que o motorista do Uber recebe no mês.

E, em se tratando de contas, saiba que o Uber cobra uma taxa de 20% da receita total do motorista com as viagens feitas e dá bônus para aqueles que são melhor avaliados no app.

Cadastrar no Uber

Para se cadastrar como motorista do Uber, o motorista precisa ter todas as indicações citadas acima (como a CNH com EAR e o veículo próprio) e depois é só baixar o app da Uber para fazer o cadastro, que inclui o envio de fotos da CRLV, por exemplo.

Lembrando que o Uber também dá a opção ao motorista de alugar o carro em uma das concessionárias parceiras do aplicativo. E quanto ao cadastro, ele inclui dados pessoais e de contato, como nome completo, RG e CPF.

Entre os requisitos para fazer Uber no Brasil é preciso ser maior de 21 anos e ter a CNH validade por psicólogos, além do fato de não ter processos abertos. Possuir seguro também é preciso, além de ter um smartphone com acesso à internet.

Para saber toda política do Uber, assim como as regras e os requisitos, leia o contrato do Uber, que fica disponível ao público na internet. Todas as dúvidas também podem ser esclarecidas pelo site, sendo que o Uber fica sediado em São Paulo (SP).