Começou a trabalhar? 3 dicas para enriquecer desde o primeiro salário

ANÚNCIO

Em toda fase da vida, a gente tem que criar hábitos. Do lado da vida financeira, isso deve acontecer desde criança. Mas, no Brasil, com o déficit da educação financeira, nem sempre é possível.

Agora, é imprescindível que isso comece, ao menos, quando recebemos o primeiro salário. Portanto, se você está para receber o seu primeiro salário ou se já fez isso há algum tempo, saiba que está mais do que na hora de você começar a enriquecer.

Começou a trabalhar? 3 dicas para enriquecer desde o primeiro salário

Ah, tem uma coisa: não importa qual seja o valor do seu salário. Independente disso, saiba que dá para enriquecer sim e desde agora. Continue lendo para entender, em passos simples, como fazer isso.

1 – crie objetivos financeiros

Esse é o primeiro tópico e tem motivos para isso. Uma pessoa sem objetivo não tem motivos para nada na vida. Inclusive, isso afeta na hora de juntar dinheiro.

Pergunte-se: para quê você vai juntar dinheiro. Se não tiver respostas, vai ter que criar. Você tem que ter objetivos financeiros, metas financeiras, vontades! E não importa qual seja, mas você tem que ter.

Bons exemplos são: aposentadoria, viagens, abrir negócios, estudos, etc.

Abaixo você vai entender melhor porque é tão importante traça objetivos financeiros ao longo de toda a vida. Isso é o que nos move a cada dia de trabalho, a cada parte do salário que será economizada. E isso faz todo sentido.

Aliás, “para quem não sabe aonde vai, qualquer caminho serve”.

2 – saiba quais são os seus gastos

A partir do momento que você tem objetivos financeiros na vida fica mais simples saber como e onde você vai gastar o seu salário.

Agora, se você não souber onde está gastando vai dar ruim. É sério, todo gasto precisa ser anotado porque você tem que saber se está gastando muito ou pouco com roupas, com alimentos, com saídas, com compras, etc.

E só anotando você tem essa noção.

Especialistas e estudiosos garantem que a gente poderia economizar mais de 30% de todos os gastos que temos se soubermos onde estamos gastando. Por isso, se você não tem o hábito, crie o quanto antes e isso ter fará um bem danado.

Pode usar planilhas do Excel assim como aplicativos do celular.

3 – invista parte do salário

O que é investir uma parte do salário? É algo que hoje em dia é chamado de “pague-se primeiro”. O que quer dizer o seguinte: recebeu o salário? Vai lá e guarda uma parte. ANTES DE TUDO.

É importante criar esse hábito para evitar as tentações mundanas. Brincadeiras à parte, saiba que quando a gente guarda o dinheiro em uma aplicação logo que recebemos o salário, as chances de gastarmos tudo são menores – bem menores.

E se você acha que não vai dar para pagar as contas com esse “desconto”, então, é hora de diminuir as contas. Você tem que viver um passo abaixo porque todos os meses tem que juntar dinheiro.

Isso se quiser enriquecer, claro. Ah, por sinal, o ideal é sempre guardar 20% do salário. Agora, se achar que é muito, comece com menos, com 5% talvez.