Veja por que a engenharia florestal será importante no futuro

Você que está procurando uma área para seguir ou uma faculdade para fazer já estudou sobre a engenharia florestal? Hoje a gente vai falar um pouco mais sobre ela, que está em ascensão no Brasil, que é uma país muito extenso e com ótimas oportunidades de trabalho.

Atualmente, existem ótimas universidades públicas e privadas que oferecem o curso. Ele tem, na média, 4 anos de duração e vai formar o aluno para atuar em várias áreas florestais. Dá para ser alguém que atua no reflorestamento ou nos efluentes, por exemplo.

Veja por que a engenharia florestal será importante no futuro

Agora, apesar disso, quem está em capitais ou áreas urbanas acaba não tendo muito conhecimento sobre essa área. Isso porque é considerada uma profissão rural, que fica boa parte do tempo no campo, com árvores e na fauna e flora também.

Por que é uma profissão do futuro

A primeira coisa que temos que considerar é que a engenharia florestal é uma profissão do futuro porque tem tudo a ver com a sustentabilidade do planeta e a sobrevivência das pessoas.

Basicamente, as florestas são importantes para o comércio do país, para a produção de madeira, para pesquisas e remédios, mas também para o meio ambiente. Assim sendo, as árvores são plantas, que fazem fotossíntese.

ANÚNCIO

O que isso quer dizer? Que plantar uma árvore é algo muito bem-visto porque ela vai tirar o gás carbônico do meio ambiente e vai transformá-lo em oxigênio. É algo naturalmente saudável e que vai garantir o ar que temos para respirar.

Mas, claro que não é só isso. Por outro lado, como tanto se fala em aquecimento global, saiba que as árvores acabam colaborando com o combate à isso. Justamente por conta da fotossíntese.

Mas, e os engenheiros florestais?

Obviamente, o engenheiro florestal é aquele que vai atuar para dar suporte para o crescimento sustentável das árvores. E isso tem tudo a ver com a engenharia e com o estudo que acontece durante esse tempo de curso.

Então, é preciso saber onde uma árvore nativa deve ficar e onde mais ela pode ser plantada. Além disso, temos que saber quais os tipos de adubos que podem ser usados. E os “remédios” para os casos de doenças.

Também tem a questão do espaçamento durante a plantação. E ainda dá para falar que a árvore, depois de certo tempo, pode se transformar em outros subprodutos sustentáveis, como papéis, novos adubos, etc. É por isso que o engenheiro florestal é tão importante!

Onde estudar engenharia florestal?

Saiba que atualmente muitas faculdades oferecem o curso. Inclusive, dá para prestar o Enem e os vestibulares de universidades públicas para estudar de graça. Existem ótimas opções atualmente disponíveis.

Já do lado das universidades particulares, o custo mensal é acima dos R$ 800. Ainda assim, vale considerar a média salarial desse profissional. Como todo engenheiro recém-formado, saiba que R$ 3 mil é um ótimo começo.

Mas, isso pode variar conforme a empresa que contratou e o tipo de serviço que o engenheiro florestal presta. O fato é que é uma profissão que deve ser considerada sim, mesmo que nem toda região do país a conheça como deveria.

ANÚNCIO