Emprego de Papai-Noel – saiba se isso realmente existe

Em todo começo de novembro e dezembro, a gente vê anúncios na internet sobre vagas de emprego para pessoas interessadas em ser um “Papai-Noel”. E o melhor de tudo é o salário: valores que podem passar dos R$ 6 mil em cidades do interior, por exemplo.

Mas, será que essas oportunidades de trabalho realmente existem? A verdade é que existem sim, inclusive, os salários são compatíveis com o que os recentes anúncios estão publicando. No entanto, é preciso seguir algumas regras para ser um “Papai-Noel” de fim de ano.

A primeira coisa é saber quem está contratando, depois é preciso ver quais são os requisitos e também é preciso analisar se isso vai ser uma boa ideia para você. Vamos entender tudo isso.

Quem está anunciando as vagas

De modo geral, quem anuncia essas vagas são empresas de grande porte, como shoppings centers, centros comerciais ou mesmo multinacionais. Elas precisam desse profissional temporário para lidar com crianças, jovens e até mesmo adultos.

O motivo é que o Papai-Noel é uma figura muito notável e culturalmente importante na nossa sociedade. Assim sendo, traz alegria e pode ser uma forma de beneficiar e agradar clientes.

ANÚNCIO

Uma boa dica é considerar que atualmente existem agências recrutadoras que buscam tais profissionais. Portanto, nem sempre é a própria empresa que vai fazer a busca, mas as empresas contratadas para isso.

Quais os requisitos para ser Papai-Noel

O outro ponto importante é saber quais são os requisitos básicos e mínimos exigidos para se tornar um Papai-Noel de fim de ano. E isso vai variar muito de região para região assim como de empresa para empresa que está contratando.

Atualmente, o que se tem visto são empresas que recrutam profissionais que tenham “características” mais naturais. Por exemplo, o mercado tem preferido quem tenha barbas longas e brancas originais. Em outros casos, até dá para usar fantasia, mas não é a preferência.

Emprego de Papai-Noel – saiba se isso realmente existe

O mesmo vale para aquela barriguinha que dá o charme ao personagem. Agora, é claro que ninguém precisa ser barrigudo para ser Papai-Noel, mas esse seria um diferencial na hora de conseguir o emprego, entende?

Além da barba e da barriga, as empresas também costumam dar preferência para quem já tem experiência na função, sendo que a empatia e educação e respeito e carinho são descrições fundamentais para conseguir as vagas abertas.

Ser Papai-Noel é um bom negócio para você?

Agora que você analisou tudo o que falamos acima, resta a você mesmo se responder: será que a vaga de Papai-Noel é para você? Que o salário é bom ninguém dúvida, no entanto, você cumpre os requisitos? E tem mais a se observar viu.

O trabalho pode ser diário, com uma única folga na semana e horários que vão além das 8 horas diárias. Isso vai depender do contrato, obviamente. Mas, no mês de dezembro, se você for o contrato, vai precisar pegar no pesado mesmo e sem hora certa para parar.

Assim sendo, resta fazer as contas e estudar as possibilidades para saber se essa é uma boa vaga para você. A oportunidade existe e está aí, mas, infelizmente, não é para qualquer um.

ANÚNCIO