Descubra se o curso técnico de celulose e papel é para você

Atualmente, existem alguns cursos tecnológicos e até mesmo gratuitos que são pouco conhecidos das pessoas. E um deles é o técnico em celulose e papel. Você já ouviu falar disso? Por menos conhecido que seja, ele é importante para formar pessoas capacitadas para o mercado de trabalho.

Essa é uma área pouco conhecida pela população, mas muito importante em todo o mundo. Afinal de contas, o papel está em todos os lugares da nossa vida. Desde a embalagem do produto até nos produtos de higiene pessoal.

Descubra se o curso técnico de celulose e papel é para você

Mas, e o curso de técnico em celulose e papel? É sobre isso que vamos falar, acompanhe mais. E leve em conta que existem fábricas em várias regiões do país, como em São Paulo, no Sul e no Nordeste.

O curso

O curso de técnico em celulose e papel é oferecido por várias instituições financeiras hoje em dia, como Senac, Senai e até mesmo associações, como a ABTCP. Além disso, empresas podem ofertar tais aulas, desde que aprovadas por órgãos como o MEC – Ministério da Educação e Cultura.

De modo geral, ele dura 2 anos e disponibiliza bolsas de estudos também. Aliás, nos dias de hoje tem como encontrar esse curso na versão online, no formato Ead. Assim sendo, tem muita gente estudando de casa e por preços mais justos.

PROPAGANDA

O curso forma o estudante para atuar em vários segmentos dentro de uma fábrica de celulose, fábrica de papel, fábrica de embalagens e outros campos de atuação desse segmento. Sendo que o foco, muitas vezes, está em aprender novas tecnologias.

O que é comum no Brasil é que pessoas saiam do ensino médio e vão para esses cursos técnicos. Mas, eles também estão acessíveis para profissionais que já trabalham e querem aprimorar o conhecimento na área.

O mercado de trabalho

Em se tratando de atuação, saiba que o técnico pode ser responsável por uma área, por uma máquina, por uma manutenção ou até mesmo por uma equipe de trabalho. Assim, ele precisa ter conhecimento para atuar e operar.

A ideia é que ele conheça o funcionamento de como a celulose sai das árvores e se transforma em produtos finais. Sendo que isso envolve papeis, mas também outros produtos, como a bioenergia ou ainda seja relevante para áreas como a da sustentabilidade.

E nessa transformação há procedimentos incríveis, como os químicos, de secagem, de transportes, etc. E o técnico pode se especializar em um deles.

Vagas de emprego

Já quanto as vagas de emprego, elas estão, em grande parte, nas fábricas. Mas, o profissional também pode atuar em empresas prestadoras de serviços ou de tecnologias.

Do lado das fábricas, temos as de papéis, como em São Paulo. As de celulose ficam em sua maioria no estado de Mato Grosso do Sul e da Bahia. E de embalagens estão por todo lugar do país. Isso porque o estudante aprende temas dos mais diferentes.

Para se ter uma ideia geral, o profissional ou estudante vai lidar com a administração industrial, o cálculo aplicado, o controle de processo, a fabricação da celulose, as matérias primas fibrosas, papelaria, química aplicada e recuperação de produtos, por exemplo.

PROPAGANDA