Conheça as vantagens de contratar um colaborador home office

ANÚNCIO

Os especialistas em recursos humanos concordam em dizer que é necessária uma avaliação criteriosa na hora de contratar um colaborador home office. Dessa forma, vai ser preciso também estabelecer regras para que fique claro o que está sendo contratado.

Mas, o que saber sobre o trabalho home office? Passar menos tempo no trânsito, ter mais horários flexíveis na vida e uma rotina maleável. Esses são os principais dos benefícios que o trabalho home office oferece aos colaboradores.

Dessa forma, trabalhar em casa é uma tendência cada vez mais comum entre as grandes empresas no mundo todo. Se você não acredita, saiba que 40% dos trabalhadores nos Estados Unidos já adotaram essa prática.

Tendência!

Portanto, a tendência é que esse número aumente ao longo dos próximos anos, ainda mais quando a gente considera a entrada do grupo jovem ao mercado de trabalho.

A CEO da Solides é a Mônica Hauck. Ela conta que tipo de contratação é capaz de promover maior inclusão das pessoas com deficiência e pode beneficiar os pais que desejam estar mais próximos de seus filhos.

“No entanto, eu sempre digo que é preciso analisar alguns pontos para não perder a produtividade e manter um fluxo de trabalho organizado dentro da empresa”, lembra.

Sobre contratar um profissional home office

Por isso, se você deseja contratar um profissional home office ou se tem a intenção de adotar esse tipo de trabalho, considere ser fundamental entender que ele exige algumas qualidades de quem será contratado.

Por exemplo, dedicação e disciplina, tanto ou até mais do que o trabalho in loco. Assim, o funcionário e a empresa precisam estar cientes de seus deveres e direitos. O resultado é que não tem como fugir da criação de regras.

Conheça 5 ideias incríveis para montar um home office barato e produtivo

Assim, estabelecer regras claras serve para ajudar também na comunicação entre o colaborador e a empresa é um item indiscutivelmente importante.

Bom para a empresa

Analisando o mercado e a tendência, o que a gente vê é que esse tipo de contratação é uma possibilidade de expansão de negócios para os novos empreendedores. O motivo é simples: reduz custo e torna mais viável a prestação de serviços em diversas áreas.

Mas, para que o fato de contratar um profissional home office seja realmente positivo, é preciso considerar pontos. Por exemplo, em grandes centros urbanos, como capitais, você poderia ganhar até mesmo na redução de custos com transporte do funcionário.

Por outro lado, você teria que investir tempo na criação de checklist das tarefas diárias ou semanas. Isso porque o recomendado é criar metas bem objetivas sobre a entrega de materiais e com prazos estipulados.

Os cuidados na contratação

Existem vários cuidados que devem ser levados em conta ao contratar um profissional home office. A gente vai citar alguns. Por exemplo, definir muito bem os critérios de escolha do tipo de serviço.

É importante medir o desempenho, no que é chamado de performance. Assim como estipular o cumprimento de metas e prazos do serviço contratado. Devemos considerar também se o colaborador terá acesso a quais tipos de dados para que faça o seu trabalho.

Além disso, é interessante saber se o profissional já desempenhou trabalhos nesse formato e como se saiu.

Além de tudo isso, alguns cuidados são vistos como essenciais. Especialmente aqueles que foca no conhecimento das características do contratado. No mínimo, ele precisa ter disciplina, comprometimento, tempo e organização para cumprir as metas.

As principais vantagens de contratar um home office

Na maioria dos casos, a contratação prevê a realização de tarefas. Portanto, as empresas podem geri-las a distância. Outro ponto é sobre estabelecer o tipo de trabalho e a forma como será prestado.

Por isso, aqui já temos a vantagem de não termos que nos preocupar com a jornada de trabalho ou o horário do trabalho. Mas, o foco vai ser sempre a entrega do material em um prazo que foi estipulado. Assim, buscamos resultados.

Conheça as vantagens de contratar um colaborador home office

Dificilmente, o contratante vai ter responsabilidade por equipamentos, suprimentos, se há ou não reembolso de despesas como internet, telefonia, energia elétrica. Isso tudo deve ser custeado pelo próprio colaborador, como costuma acontecer.

Não tem direitos?

É preciso tomar muito cuidado com o tipo de contratação que é feita. Se você vai contratar um profissional home office pela CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), isto é, com carteira assinada, saiba que tudo muda.

Nesse caso, ele vai ter os direitos dos funcionários como está previsto na lei do Teletrabalho: mesmo salário, 13º salário, férias, FGTS e auxílio-doença.

Mas, mesmo nesse tipo de contratação, também dá para citar vantagens. Por exemplo, a dispensa de benefícios como vale-transporte e de uma estrutura fixa para acomodar os colaboradores.

Outra coisa é contar com a eliminação de custos como telefonia, equipamentos e suprimentos, além do aumento de produtividade.

As desvantagens!

Por último, também temos que considerar que é preciso tomar cuidado para que as desvantagens não se tornem maiores do que as vantagens.

As desvantagens podem acontecer com a falha na comunicação e integração das equipes das várias aéreas da empresa.

Em alguns casos, a desvantagem também é uma menor possibilidade de gestão da produtividade do colaborador. Para alguns especialistas, para evitar esse tipo de acontecimento, as empresas devem procurar manter os colaboradores em home office integrados.

Com isso, dá para criar reuniões semanais ou quinzenais para debater os assuntos.