Leia 7 dicas de especialistas para aprender como empreender de forma correta

O empreendedorismo possibilitou a muitos brasileiros a chance de mudar de vida. Porém, ao mesmo tempo, muitos também desistiram no meio do caminho. Se você não quer esse resultado negativo, aprenda como empreender de forma correta.

As dicas abaixo são de especialistas que já trilharam esse caminho antes. Afinal, independente do seu tipo de negócio, será preciso ter uma capacidade grande de manter o negócio funcionando, com ativos e dando lucro.

E sem demorar mais nem um pouco, vamos às dicas.

1 – Novas unidades de negócios

Uma boa ideia para trilhar esse caminho é buscar parcerias. O que é visto na opinião de muita gente como algo extremamente importante para consolidar o seu negócio. Essa é a opinião de Tânia.

“Acredito que o grande segredo é sabermos definir qual a cultura da empresa e alinharmos com as parcerias, sabendo quais são os seus valores em comum, o que é negociável ou não entre elas”.

ANÚNCIO

Ela diz isso e complementa falando sobre a coerência dos objetivos empresariais e das metas individuais de cada empreendedor. “Para juntos construirmos uma parceria de sucesso e de funções e benefícios claros para ambas”.

2 – Treinamento da equipe

Para complementar o que foi dito acima, Lyra também fala sobre a importância de fazer um treinamento com a equipe. Um não, vários treinamentos. Sendo esse outro ponto importante na hora de descobrir como empreender de forma correta.

Para ele, um dos segredos está em selecionar e treinar pessoas seja através de parceiros ou investidores. Dessa forma, isso diminui o risco individual envolvido em cada investimento.

“Também vejo como essencial ter um dos sócios à frente da operação, principalmente na fase inicial. Mas uma sociedade só funciona se existir elevado nível de confiança entre as partes”, lembra Lyra.

3 – Análise das sociedades

As sociedades podem ser boas ideias. Inclusive, a se considerar do ponto de vista financeiro e também da consultoria. Isso é o que diz Ronner Anderson.

“Já tive péssimas experiências em sociedades, mas também já tive ótimas. A sociedade pode acontecer por meio de parcerias que possam somar sempre devem ser pensadas como oportunidade de diminuir os riscos e potencializar o crescimento”, lembra.

Até mesmo porque com investidores sempre dá para acelerar um empreendimento. Só que por trás de tudo, o que vai sacramentar uma parceria de sucesso é a visão de mesmo objetivo – e não, necessariamente, de mesma opinião.

4 – Produto de qualidade

Atualmente, os produtos e os serviços são cada vez mais complexos. Sendo assim, os consumidores têm no produto uma relação com as empresas que possuem um nível de qualidade maior.

O professor da HSM University concorda com isso. “Pensando assim, o multiempreendedor precisa estabelecer parcerias relacionadas as entregas diretas para o cliente. Além de avaliar a estrutura produtiva de negócios e identificar as oportunidades”, diz.

Ele ainda fala sobre a capacidade de promover e engajar pessoas. Para o professor, essas são características primordiais aos multiempreendedores, que são empreendedores de vários negócios. Por isso, é algo extremamente importante para consolidar as unidades de negócios.

5 – Planejamento estratégico

Com base na opinião de Tânia Zambon, o planejamento é uma ferramenta indispensável para administrar uma ou várias empresas.

“O planejamento estratégico é a espinha dorsal de qualquer negócio. As ferramentas de gestão ajudam no acompanhamento, execução e avaliação de atividades administrativas. E isso tudo torna um negócio mais competitivo”, diz Tânia, que é especialista no assunto.

Aliás, ela ainda completa, avaliando que “além de dialogar sempre com os gestores, colaboradores e com o público-alvo para ampliar ideias e buscar as melhores mudanças comportamentais para os seus clientes”, sugere.

6 – Contratação de pessoas

Para complementar o que já dissemos no tópico 2 (treinamento da equipe), Sabrina Sato, que também empreende em vários negócios, avalia que é preciso acreditar no negócio e formar uma equipe preparada e de confiança.

“Ninguém faz nada sozinho. Meus irmãos e minha equipe me dão muito apoio nesse ponto”, diz ela. Ela ainda cita a importância de ter uma boa estrutura para capacitar e contratar pessoas, que vão poder atuar em várias unidades e lugares.

Além disso, considere que também é preciso ter experiência ou, ao menos, contar com quem tenha essa experiência de mercado. “Aprendam com os erros, formem uma grande equipe e não desanimem quando as adversidades surgirem”, indica Ricardo Lyra.

7 – Gestão empresarial

Luciana Carmo é especialista em empreendedorismo e diz que a gestão vai ser imprescindível para o futuro do negócio. Sendo assim, essa é a última das dicas sobre como empreender de forma correta.

“Quando há uma gestão empresarial com processos que podem ser executados e replicados sem a sua presença física direta no negócio você consegue medir e gerenciar. Os indicadores de performance para o seu negócio são fundamentais”.

Ela ainda complementa, dizendo que não importa o tamanho da empresa. “Porque isso ajuda a reavaliar as decisões, mudar as estratégias, replicar o que deu certo e corrigir os rumos quando necessário”.

como empreender de forma correta

Bônus – a responsabilidade é sempre do empreendedor?

O consultor da DSG Brasil ainda traz um último ponto importante, que tem a ver com a responsabilidade do empreendedor dentro da empresa e importante muito para quem quer saber como empreender de forma correta.

“Nunca deixe a empresa nas mãos só de terceiros. A responsabilidade do sucesso do negócio depende muito do seu tempo”, diz.

E diz que o empreendedor não deve pensar apenas no dinheiro, que será investido ou retornado para o bolso dele. Assim, ele finaliza, dizendo que “Em nenhum tipo de situação, deixar de lado uma empresa para cuidar mais de outra. Todas devem ter atenção igual”.

ANÚNCIO