Aprenda como colocar uma ideia de negócio em prática com esse guia online

Em um mundo cada vez mais digital, mais online e mais abrangente, muita gente tem estudado as formas de ganhar dinheiro. Porém, não é uma as tarefas mais simples saber como colocar uma ideia de negócio em prática. Mesmo assim, fomos atrás das alternativas.

Afinal de contas, será que após ter uma boa ideia, a pessoa deve contratar alguém para colocar toda a teoria na prática? Será que é melhor deixar para lá? Como saber se o negócio será viável? A gente buscou a opinião de especialistas para encontrar as respostas.

E encontramos. Abaixo, você vai ver, em vários tópicos, o que é importante fazer depois de refletir que: “Eu tive uma ideia de negócio e agora”? Se você também se fez essa pergunta nos últimos dias, saiba que esse texto foi pensado em você.

A venda

Leonardo Dabague é um dos especialistas que conhece bem do assunto. Para ele, não tem muito segredo, não. “É preciso vender”. Inclusive, ele afirma que dá para fazer isso antes mesmo de ter o produto ou o serviço em mãos.

Como assim? Ele diz que atualmente muita gente quer encontrar soluções para viabilizar o negócio. No entanto, o ideal é simplificar e garantir a venda de protótipos antes mesmo de receber grandes investimentos.

ANÚNCIO

“Claro que não existe receita de bolo, mas eu diria que a maior parte dos negócios pode ser iniciada em uma escala reduzida, ajustada, otimizada e só então realmente escalada”, ele disse. A entrevista dele completa está na Revista Negócios, na edição 127.

O lucro

Dabague ainda diz que o lucro tem que ser estudado com bastante antecedência. Inclusive, para ele, são 2 pontos cruciais: o modelo de negócio e como a empresa ganhará dinheiro.

Desse modo, ele avalia que se isso não estiver claro para você, não espere que fique claro para o mercado. A partir disso, se você entendeu a venda e a importância do lucro, aí sim é o momento começar a desenhar o seu trajeto para a prática.

O que um e-commerce precisa ter para dar lucro

A concorrência

O empreendedor Thiago Regis também é alguém que sabe muito sobre essa coisa de desenvolver uma ideia de negócio. Ele destaca como primeiro a concorrência – e diz que muita gente tem uma ideia erra disso.

“Não adianta ter um e-commerce e ficar pensando apenas no preço ou no desconto. Não funciona assim porque o seu produto vai se desvalorizando e ficando abaixo do mercado, sempre. Inclusive, com a margem de lucro lá embaixo”.

Ao dizer isso, ele completa afirmando que a ideia é ter diferenciais de mercado.

Os diferenciais

Seguindo esse passo a passo de como colocar uma ideia de negócio em prática, Thiago fala sobre a criação de estratégias diferentes do que a maioria está fazendo (entendeu a importância de analisar a concorrência?).

Ele ainda dá um bom exemplo para quem está nessa fase do empreendedorismo. O cliente comprou um vinho? Mande uma carta personalizada junto com o produto, dê um saca-rolha sem ele esperar ou qualquer coisa que dê a ideia de “brinde”.

“Isso vai fazer com que ele tire uma foto, poste no Instagram e marque a empresa”, finaliza o empreendedor.

A plataforma

Independentemente do tipo de negócio que você está estudando, saiba que estar na internet é algo visto como “prioridade”. Sendo assim, você precisa ter um site muito bom, bem estruturado, rápido e que traga a você as análises de leitura.

Além do site, considere também que é preciso cuidar da imagem e identidade visual da sua marca, que pode levar as vendas morro abaixo ou até o infinito e além.

Ainda citando a internet, vale dizer que tem aquela questão da experiência do cliente. Logo, quando o consumidor não pode sentir e tocar no produto, você tem que ter outras formas de fazê-lo “sentir” isso. Por exemplo, boas fotos e uma descrição completa.

como colocar uma ideia de negócio em prática

O conteúdo

A próxima dica, que também tem a ver com colocar em prática uma ideia, é sobre a geração de conteúdo – que devem ser, inevitavelmente, de qualidade. Para os especialistas, isso fará toda a diferença para a sua marca e para os clientes.

Alguns macetes que encontramos na internet, vindas desses profissionais do marketing, são: humanize a sua empresa, evite deixar a pessoa falando com robôs, pense em descontos que façam sentido.

“O importante é pensar completamente fora da caixa e isso nada mais é do que fazer o cliente ou futuro cliente se sentir interessado pelo seu produto – sem que isso aconteça de forma direta”, lembra Thiago Regis.

As métricas

No marketing fala-se muito em métricas, que nada mais é do que mensurar os seus resultados. Inclusive, o ideal é que eles sejam crescentes. Assim, você pode até não começar tão bem, mas deve ir melhorando com o tempo.

Veja os 7 principais erros no e-commerce que os novos empreendedores cometem

Ao estudar o assunto, você vai ver que tem tudo a ver com o uso adequado de palavras-chaves, o maior engajamento no seu nicho, políticas de publicação, etc.

Smartphone

E para fechar o assunto sobre como colocar uma ideia de negócio em prática, saiba que você precisa ter uma página que seja responsiva, isto é, adaptável para o celular. Isso vai facilitar a navegação do seu cliente. Aliás, se você não sabe, a maioria das vendas acontecem pelo celular – mais do que pelo computador.

Só que além de todo esse investimento (de tempo e de dinheiro) na internet, você não pode deixar de lembrar que as vendas boca-a-boca ainda é uma ótima divulgação. Portanto, faça com que o seu consumidor se sinta bem com o seu produto e indique para os amigos.                          

ANÚNCIO