Saiba onde se capacitar na área de animações no Brasil

Já podemos adiantar que se trata de um mercado não tão novo assim, só que muito pouco explorado nos dias atuais. Portanto, esse pode ser o diferencial na hora de obter lucro. O assunto de hoje é para falar sobre como se capacitar na área de animações.

Hoje em dia, basta olhar para a palma da mão e ver que existe um cenário ilustrado. Agora, você já se perguntou quem cria este cenário? Mais do que isso, como entrar no segmento que não para crescer?

Antes de tudo, saiba que é preciso buscar capacitação na área. Inclusive, a boa notícia é que existem vários cursos em vários lugares que possibilitam esse novo conhecimento. Aliás, no último tópico vamos indicar as 6 graduações mais indicadas do país.

A formação necessária

Existe um curso de Animação na Faculdade Armando Alvares Penteado (Faap). O representante de lá, Eliseu Lopes Filho, deu uma entrevista recentemente para um grupo de mídia impressa para falar do assunto.

Para ele, essa formação é necessária. No entanto, bastante ampla, pois existe uma infinidade de possibilidades. Ao passo que o interessado pode trabalhar dentro da animação em várias áreas e de diversas formas.

ANÚNCIO

“A animação, de certa maneira, redefiniu o que é cinema. Para trabalhar com animação você precisa ter – minimamente – uma desenvoltura em desenho para desenho animado ou em computação gráfica”, garante o professor.

Sem função!

O acadêmico também comenta que não existe uma função essencial dentro de um projeto de animação ou contrato que é feito. Dessa forma, o interessado pode ter funções de maior ou menor responsabilidade.

Independentemente disso, se capacitar na área de animações torna-se um dos diferenciais. Inclusive porque a visibilidade também pode variar na hora de fechar o acordo ou contratar o profissional.

Agora, ele diz que o que chama a atenção nesse mercado de animações é que outros assuntos de interesse podem ser associados ao empreendimento.

Ideias de Negócios para Investir – conheça o mercado das animações

“Quem gosta de moda pode se especializar no desenho e na criação de figurino dos personagens. Já quem gosta de arquitetura e cenografia pode trabalhar na construção desses ambientes, ou seja, existe possibilidades para todo tipo de profissional dentro da animação”.

O mercado aberto

Outros especialistas da área concordam em dizer que esse mercado de animações está em alta. No entanto, ainda em expansão, sendo que vai crescer muito mais nos próximos anos. Dessa forma, trata-se de um mercado considerado novo para muita gente.

A boa notícia é que ainda faltam pessoas qualificadas para tais funções. Por isso, a remuneração, de acordo com o acadêmico da Faap, é bastante positiva e satisfatória. Ou seja, dá para ganhar dinheiro com animações.

No entanto, ele também avalia que não adianta querer entrar para esse mercado apenas de olho na remuneração. “Precisa ser alguém que goste de contar histórias, que tenha bastante criatividade, ou seja, alguém que goste da fantasia, afinal, animação é pura fantasia.

Animação x Cinema

Outro ponto que é muito discutido nesse mercado e que vai interessar quem quer se capacitar na área de animações é sobre a diferença com o cinema.

O próprio executivo comenta essas definições. “O cinema tradicional está limitado aos atores e a uma série de leis da física e da natureza. Já na animação, a gente pode fazer um personagem voar ou cair uma bigorna em sua cabeça e tudo continuar normal”, brinca o especialista.

Vagas de Estágio no Ministério da Ciência e Tecnologia – veja como participar

Aliás, ainda tem mais. Ele fala que existe um trabalho bastante peculiar nessa área. “É o trabalho individual em equipe”.

Assim sendo, ele quer dizer que dá para trabalhar como animador em qualquer área do mundo, sendo que no final das contas, o trabalho de cada integrante é que vai fazer valer a pena, mesmo que cada um esteja em um lugar.

“Nós podemos trabalhar fazendo uma animação com um animador no Paquistão, um nos Estados Unidos e o outro no Brasil. Todo mundo fazendo o mesmo filme, ou seja, é um trabalho individual, mas coletivo”, finaliza Lopes Filho.

Uma nova forma de se comunicar

Saiba onde se capacitar na área de animações no Brasil

Também é importante ressaltar outra novidade sobre esse mercado: é uma nova forma de se comunicar. Por isso, também entra na importância de se capacitar na área de animações. Essa é a opinião do Bruno Pedroza, que é o sócio-diretor da produtora Broders.

Portanto, para quem tem esse interesse é ideal conhecer as opções de estudo que estão disponíveis atualmente no país. Conheça as 6 opções de graduações em volta de todo país que são as mais comentadas e as mais indicadas.

1 – Universidade Federal de Pelotas – Instituto de Artes e Design

  • Curso: Cinema de Animação
  • Local: Pelotas/RS

2 – Universidade Federal de Minas Gerais – Escola de Belas Artes

  • Curso: Cinema de Animação e Artes Digitais
  • Local: Belo Horizonte/MG

3 – AESO/Faculdades Integradas Barros Melo

  • Curso: Cinema de Animação
  • Local: Olinda/PE

4 – Universidade Veiga de Almeida

  • Curso: Design Gráfico – Ilustração e Animação 3D
  • Local: Rio de Janeiro/RJ

5 – Universidade Federal de Santa Catarina

  • Curso: Design de Animação
  • Local: Florianópolis/SC

6 – Universidade Anhembi Morumbi

  • Curso: Design de Animação
  • Local: São Paulo/SP

A lista acima é da Associação Brasileira de Cinema de Animações.

ANÚNCIO