Pesquisa mostra que 38% dos alunos EAD estudam pelos smartphones

ANÚNCIO

A Toluna Insights fez um estudo sobre o uso dos celulares no ensino à distância (EAD). O resultado impressionou: ele está entre as ferramentas mais usadas no país inteiro. Ao todo, metade dos alunos EAD estudam pelos smartphones.

A pesquisa foi encomendada pelo Canvas, que é uma plataforma de aprendizado muito conhecida nos Estados Unidos. A empresa tem mais de 20 milhões de usuários e 4 mil clientes no mundo.

Pesquisa mostra que 38% dos alunos EAD estudam pelos smartphones
E-Learning Vector Illustration. Top View On Working Table With NoName Notebook Abstract Web Wrowser Iside, Paper Holder, Calculator And Cup Of Coffee,

Veja mais sobre os resultados da pesquisa e o que eles podem dizer sobre a forma que as pessoas estão buscando para estudar, se formalizar, se capacitar e buscar oportunidades no mercado de trabalho.

E leve em conta que o estudo à distância, em sites de instituições educacionais regularizadas, tem a mesma validade de um curso presencial. Isso vale tanto para técnicos como as graduações, que duram mais tempo.

Para isso, no entanto, é preciso cumprir alguns requisitos, como ter uma parcela de aulas presenciais e fazer a entrega de estágios ou trabalho de conclusão de curso, por exemplo.

ANÚNCIO

A pesquisa

A pesquisa foi feita com 1 mil brasileiros e focou nos alunos do ambiente virtual, isto é, que estudam pela internet.

O resultado mostrou que de todos que fazem cursos de graduação ou pós-graduação, 42% optam pelos cursos online e 33% pelos semipresenciais.

A pesquisa aconteceu na primeira metade de junho e teve a participação de jovens entre 18 e 34 anos, de todas as regiões do país.

As vantagens

Entre as escolhas das pessoas por essa forma de ensino estão algumas vantagens trazidas pelo ensino à distância.

Entre eles, a flexibilidade de horários. Outra coisa é sobre as ferramentas de ensino que estão disponíveis, como salas de bate papo e vídeos.

Assim sendo, o fato de poder estudar em qualquer horário e respeitando o seu ritmo de estudo foi a escolha de mais da metade dos entrevistados (54%).

Com relação às ferramentas usadas, o fato de poder usar o celular para o estudo foi algo marcante para 38% dos entrevistas. Mas, o computador ainda faz parte da maioria da vida desses estudantes, está em 81% dos casos.

Os especialistas

Para quem estuda a área, essa praticidade pelo EAD assim como a validade dos certificados é o que mais tem impulsionado o setor como um todo.

Isso vale para o acesso às tarefas, arquivos, módulos e os materiais de estudo. Dessa forma, os alunos podem acessar, até mesmo, aplicativos que permitem o acesso ao estudo de onde ele estiver e a qualquer hora do dia.

Aí, a vantagem se torna maior quando se compara isso com a perca de tempo que não se tem com o transporte público, por exemplo, tornando o estudo mais produtivo.

“Uma das tendências do ensino à distância é usar os dispositivos móveis. Em um mercado competitivo, há a necessidade de se reciclar o tempo todo e acumular conhecimento. Por isso, a navegação facilitada do estudo no tablet ou celular tem feito a diferença”.

A afirmação acima é do diretor do Canvas no Brasil, Bruno Giannini.

ANÚNCIO