Confira 7 dicas infalíveis para ter uma alimentação saudável durante o estudo

A verdade é que o estudo consome muito dos estudantes. Consome energia, principalmente. E tempo também. Por isso, mesmo nem todo mundo sabe como lidar com ela. O problema é que comer incorretamente gera efeitos negativos. Mas, a gente sabe como ter uma alimentação saudável durante o estudo. E o melhor de tudo: a gente vai contar isso nas próximas linhas.

Até mesmo porque imagine só você comer tudo errado durante esse tempo de preparação para uma prova do Enem ou para um concurso, por exemplo. Inclusive, além de ganhar peso, você pode começar a ter doenças sérias, especialmente cardíacas. Então, nada melhor do que conseguir conciliar a alimentação com o estudo, não é mesmo?

E esse foi o nosso foco para encontrar as melhores dicas para quem quer manter a alimentação balanceada durante o tempo de estudo. Aliás, o mais incrível é que isso é bem mais simples do que você imagina. Confira abaixo e fique surpreso!

1 – CAFÉ DA MANHÃ

É bem provável que você já saiba que o café da manhã é a principal refeição do dia, como muitos nutricionistas dizem, não é mesmo? E isso pode influenciar muito na sua dieta durante o estudo também. Por exemplo, um café da manhã mal feito pode ser péssimo para a sua produtividade.

Basicamente, você tem que caprichar no seu café da manhã. E esse capricho não tem a ver com comer muitos ovos fritos e bacon, viu? É algo como comer bem, mesmo. Portanto, você tem que combinar os alimentos de forma educativa, com proteínas, carboidratos e frutas, por exemplo.

ANÚNCIO

2 – ALMOÇO

O almoço também tem o seu peso nessa história porque como acabam tendo o tempo muito consumido pelo estudo, os estudantes optam por comidas mais rápidas. No entanto, nem sempre elas são as mais saudáveis, né.

Logicamente, há alternativas. Uma delas é levar marmita de casa ou preparar o almoço no fim de semana e deixar tudo pronto, para ser feito mais rapidamente. Você pode deixar tudo em potes de plástico ou sacos congeláveis, por exemplo.

Pense em uma refeição que também combine os alimentos: carboidratos, proteínas, saladas. Isso faz parte na hora de montar uma alimentação saudável durante o estudo.

3 – SALADAS

E já que falamos das saladas, vamos mencionar elas nesse próximo tópico sobre alimentação saudável durante o estudo. Além disso, saiba que as saladas acabam sendo deixadas de lado pelos estudantes, muitas vezes, por descuido.

O segredo é sempre variar para nunca ficar sem ela durante o almoço. Tem alface crespa, americana, rúcula, agrião e por aí vai. Outra boa ideia é misturar com vegetais e frutas, como morangos, mangas e tomates.

Ah, tem saladas que vem acompanhadas de ovos e isso é ótimo para a sua refeição.

4 – SANDUÍCHES E FRUTAS

Confira 7 dicas infalíveis para ter uma alimentação saudável durante o estudo

Agora, além do almoço com saladas, saiba que é importante você sempre ter variações entre as refeições maiores. Por exemplo, entre o café da manhã e o almoço, entre o almoço e o jantar. O que incluir nessa hora? Sanduíches e frutas são boas pedidas.

Se você vai estudar fora de casa, o ideal é que sempre tenha na bolsa essas opções. Por outro lado, se vai estudar de casa, aí você pode deixar pronto na geladeira mesmo. Jamais ignore um sanduíche, que pode te salvar na hora da fome.

A boa ideia é fazê-lo com pão integral e queijos frescos. Inclusive, se estiver em casa, dá até para esquentar no micro-ondas ou no forno ou ainda na sanduicheira.

5 – JANTAR

Já durante o jantar, o cuidado está em não fazer isso muito tarde, ou melhor, muito a noite. Aliás, se você quer entender isso, saiba que o motivo é que dormir com a barriga cheia demais é prejudicial para a sua saúde. A dica é você jantar até o início da noite e sempre optando por aquele cardápio variado.

Dá até para pensar no conumo maior de proteínas e na diminuição de carboidratos, por exemplo. Além do mais, hHá ainda opções de lanches naturais mais bem recheados, com peito de peru, saladas, ricotas, etc.

Confira 3 dicas tecnológicas e de internet para estudar de casa

BÔNUS – E SE DER MUITA FOME?

No entanto, pode ser que você tenha esquecido de alguma refeição ou pulado ela. O que fazer? Aliás, qual é a dica de alimentação saudável durante o estudo nesse caso? Existem alternativas que podem te dar uma ajuda até que chegue a hora da refeição verdadeira.

Uma ideia inteligente é optar pelas oleaginosas, que são as castanhas, amendoins e nozes. Portanto, faça essa escolha, considerando que elas são ricas em nutrientes essenciais para o corpo e não são tão calóricas assim. É claro que isso vai depender da quantidade que é consumida, né.

Inclusive, elas podem substituir até mesmo os lanches da tarde ou da noite, viu. O ideal é pensar na quantidade e evitar o uso de sal.

Outra coisa é pensar nas barrinhas de cereais, que também podem ser consumidas sem muito exagero, vez ou outra. Nesse caso, elas precisam ser escolhidas com cuidado porque algumas marcas usam muito açúcar refinado, o que estimula a fome e aumenta a possibilidades de doenças, como a diabetes.

Ah, e em se tratando de sal e açúcar, nunca se esqueça de que é preciso considerar o consumo alto de água. Isso pode atrapalhar o estudo ao te levar muitas vezes ao banheiro. No entanto, o consumo precário pode causar doenças também, o que seria muito pior.

ANÚNCIO