7 dicas que serão diferenciais para conseguir o 1º emprego

Todo mundo que está em busca do 1º emprego fica pensando sobre as formas ou táticas que poderia usar para ter diferenciais frente aos concorrentes. Por isso, separamos aqui 7 coisas que realmente podem fazer a diferença para você.

Leve em conta que são detalhes que nem sempre são obrigatórios, mas que podem ser diferenciais em um processo seletivo. O que acaba sendo importante na hora de buscar uma vaga de emprego, especialmente se estivermos falando da entrada no mercado de trabalho.

7 dicas que serão diferenciais para conseguir o 1º emprego

1 – Inglês

Saber o inglês é basicamente um excepcional diferencial nos dias de hoje. É claro que dá para optar por outras linguagens, como o espanhol, por exemplo. Ou o francês ou o alemão e assim por diante. Mas, o inglês é a linguagem universal.

Então, quem tem nível de conhecimento avançado em inglês tem um bom diferencial para conseguir um emprego em qualquer área.

ANÚNCIO

2 – Informática

Outra necessidade que o mercado tem, independente da área, é sobre informática. Todo candidato tem que saber itens básicos, como o acesso a internet, páginas da internet, redes sociais, além dos programas de texto, planilhas, etc.

Mais do que saber isso, ter um curso de informática no currículo pode ser um bom chamativo para a análise que é feita antes da seleção.

3 – Intercâmbio

Ainda que não seja uma obrigação, o intercâmbio é sim um diferencial no mercado porque vai dizer, ainda que indiretamente, que o candidato tem uma experiência de vida ou de trabalho que deve ser considerada.

E não precisa ser, necessariamente, um intercâmbio… Uma viagem para outro país, mesmo que seja por um curto período, já se torna importante frente aos concorrentes para a mesma vaga. O fato é que isso indica o conhecimento de outra cultura.

4 – Trabalho Voluntário

O trabalho voluntário é dito como exemplo de empatia, já que em muitos casos, eles não são pagos. Ter um trabalho voluntário no currículo é demais importante para quem quer ter diferenciais durante uma entrevista de emprego ou na análise de currículo.

5 – Cursos

Além da informática e do inglês já citados aqui, ter cursos a mais no currículo conta bastante porque demonstra que o candidato buscou conhecimentos. E mesmo que seja em outras áreas, já que o importante mesmo é ter se atualizado profissionalmente.

Cursos do quê exatamente? São várias as opções. Mas, independente da sua área, dá para considerar os cursos mais genéricos, que valem para todas as profissões, como aqueles que organizações, de administração, de desempenho, de coach e por aí vai.

6 – Currículo

Uma outra boa dica é o currículo. Tem muita gente que não considera isso como importante, mas ele é a porta de entrada para uma contratação. Todo entrevistador ou contratante olha o currículo, mesmo que seja por poucos instantes.

Então, faça um bom trabalho com isso e foque no que é essencial… Destaque os seus diferenciais, por exemplo e deixe tudo bem explicadinho, inclusive, com os contatos pessoais.

7 – Entrevista

Por fim, não dá para terminar este conteúdo sem falar das entrevistas de emprego, que são parte do processo seletivo para contratação de funcionários consideradas das mais importantes. A dica é manter a calma e ser sincero, lembrando de exaltar os seus pontos positivos.

ANÚNCIO